Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

EUA fazem apelo para Iraque evitar escalada do conflito com curdos

O Pentágono fez um apelo neste domingo às forças iraquianas e curdas para "evitar ações escalonadas" e para encaminhar um diálogo para desarmar as tensões e resolver as diferenças entre as partes.


Sputnik

"Nós nos opomos à violência de qualquer partido e fazemos um apelo contra as ações desestabilizadoras que se distraem da luta contra o Daesh [Estado Islâmico] e ainda pioram a estabilidade do Iraque", disse a porta-voz do Pentágono, Laura Seal.


Combatentes curdas na província iraquiana de Kirkuk.
Mulheres combatentes curdas em Kirkuk, Iraque © Sputnik/ Sara Nureddin

"Continuamos a apoiar um Iraque unificado", disse ela. "Apesar da desafortunada decisão do governo regional do Curdistão de prosseguir um referendo unilateral, o diálogo continua a ser a melhor opção para desarmar tensões e problemas de longa data, de acordo com a Constituição iraquiana".

A porta-voz também pediu que todos os atores na região focassem na ameaça comum do grupo terrorista Daesh e evitassem tensões entre o povo iraquiano.

Tanto as forças iraquianas quanto as forças curdas foram treinadas e armadas pelos Estados Unidos.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas