Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

EUA fazem apelo para Iraque evitar escalada do conflito com curdos

O Pentágono fez um apelo neste domingo às forças iraquianas e curdas para "evitar ações escalonadas" e para encaminhar um diálogo para desarmar as tensões e resolver as diferenças entre as partes.


Sputnik

"Nós nos opomos à violência de qualquer partido e fazemos um apelo contra as ações desestabilizadoras que se distraem da luta contra o Daesh [Estado Islâmico] e ainda pioram a estabilidade do Iraque", disse a porta-voz do Pentágono, Laura Seal.


Combatentes curdas na província iraquiana de Kirkuk.
Mulheres combatentes curdas em Kirkuk, Iraque © Sputnik/ Sara Nureddin

"Continuamos a apoiar um Iraque unificado", disse ela. "Apesar da desafortunada decisão do governo regional do Curdistão de prosseguir um referendo unilateral, o diálogo continua a ser a melhor opção para desarmar tensões e problemas de longa data, de acordo com a Constituição iraquiana".

A porta-voz também pediu que todos os atores na região focassem na ameaça comum do grupo terrorista Daesh e evitassem tensões entre o povo iraquiano.

Tanto as forças iraquianas quanto as forças curdas foram treinadas e armadas pelos Estados Unidos.


Postar um comentário