Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Exército sírio cerca Daesh no leste da Síria

Foi comunicado que as Forças Armadas da Síria e seus aliados cercaram os militantes do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países) na cidade de Mayadin na parte oriental da Síria.


Sputnik

A operação do exército sírio visando o cerco dos militantes do Daesh na cidade síria de Mayadin está sendo realizada, revelou à Sputnik este domingo (8) uma fonte que conhece a situação.


Exército sírio (foto de arquivo)
Exército sírio © Sputnik/ Mikhail Voskresenskiy

"Tropas de assalto [do exército sírio] estão limpando áreas nos arredores ocidentais de Mayadin", disse a fonte.

Ontem (8), o Ministério da Defesa russo relatou sobre a eliminação de um posto de comando do Daesh na área de Mayadin, tendo cerca de 80 militantes sido eliminados, incluindo comandantes importantes da organização terrorista.

Anteriormente nesta sexta-feira (6), as tropas governamentais da Síria e seus aliados realizaram uma operação militar contra as forças do Daesh na parte oriental da província síria de Homs, libertando 1.800 quilômetros quadrados do território.

​A cidade de Mayadin é o maior bastião do Daesh na província vizinha de Deir ez-Zor. Os terroristas usaram-no para acumular armas e recursos humanos a fim de lançar ataques contra as cidades de Palmira e Deir ez-Zor.

As forças da Síria têm mantido a ofensiva na área em torno de Deir ez-Zor. A maior parte dos militantes foi empurrada vários quilômetros ao leste e através do rio Eufrates. Entretanto, os militantes do Daesh começaram fugindo a Mayadin em direção aos arredores de Deir ez-Zor.


Postar um comentário