Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Flotilha do Mar Cáspio treina lançamento de mísseis

O navio-chefe da Flotilha do Mar Cáspio, o navio costeiro Tatarstan, e o navio ligeiro Grad Sviazhsk realizaram com sucesso disparos de mísseis contra alvos marinhos e costeiros no âmbito das manobras da Flotilha do Mar Cáspio, disse o chefe da assessoria de imprensa do Distrito Militar do Sul, Vadim Astafiev.


Sputnik

Durante a primeira etapa dos exercícios, a tripulação do navio Grad Sviyazhsk, simulando um combate naval, realizou lançamentos de mísseis Kalibr de alta precisão. O míssil destruiu um alvo convencional (imitação de um navio do "inimigo"). A tripulação do Tatarstan também treinou o disparo de um míssil antinavio.


Grad Sviyazhsk
Grad Sviyazksk © Foto: Zelenodolsk Shipyard

Juntamente com o Tatarstan e o Grad Sviyazhsk, os navios Dagestan, Uglich e Veliky Ustiug realizaram lançamentos eletrônicos de mísseis (sem lançamento real de projéteis).

Durante a segunda etapa dos exercícios, a tripulação do Grad Sviyazhsk efetuou com sucesso lançamentos de mísseis Kalibr contra alvos costeiros, destruindo um posto de comando do inimigo convencional.

"Para garantir a segurança da navegação civil durante as manobras, o polígono marítimo onde foram realizados os disparos de mísseis foi fechado para os navios civis", acrescentou Astafiev.

Essas manobras são a etapa final dos treinamentos de verão deste ano da Flotilha do Mar Cáspio. Dos exercícios nos polígonos marítimos do mar Cáspio participam mais de 20 navios de guerra, incluindo os navios porta-mísseis russos Tatarstan e Dagestan, três navios ligeiros Grad Sviazhsk, Uglich e Veliky Ustiug e os navios de artilharia Makhachkala, Astrakhan e Volgodonsk.


Postar um comentário