Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Forças sírias expulsam EI e reassumem controle da cidade de Al Majadin

As forças governamentais sírias expulsaram neste sábado o grupo Estado Islâmico (EI) da cidade de Al Mayadin, o principal reduto dos jihadistas na província nordestina de Deir ez-Zor, segundo informou a agência oficial de notícias síria, "Sana".


EFE

"Unidades das forças armadas sírias, juntas às forças aliadas, recuperaram o controle de Al Mayadin", assegurou uma fonte militar citada pela agência.



Imagem de arquivo que mostra policiais iraquianos na operação contra o EI. EFE/Ahmed Jalil
Imagem de arquivo que mostra policiais iraquianos na operação contra o EI. EFE/Ahmed Jalil

De acordo com a fonte, as unidades militares mataram um "grande número de terroristas do EI e destruíram as suas armas e munição". Por outro lado, o Observatório Sírio de Direitos Humanos informou que há "choques intensos" entre as forças sírias e o EI nos arredores da cidade, mas ainda não confirmou o local está livre dos extremistas.

A ONG reconheceu que as forças sírias obtiveram "um grande avanço" e controlaram "muitas áreas" da cidade desde que entraram na sexta-feira passada.

Al Mayadin era anteriormente "a capital da província de Al Khair", uma das subdivisões administrativas impostas pelo Estado Islâmico nos territorios que domina.


Postar um comentário