Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Guarda fronteiriço russo foi assassinado durante tiroteio na fronteira ucraniana

O guarda fronteiriço da Rússia foi assassinado durante tiroteio na região de Kursk, quando duas pessoas armadas não identificadas estavam tentando entrar no território da Ucrânia.


Sputnik

Um deles foi detido, o outro se explodiu, informou o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB).


Os guardas da fronteira do Serviço Federal de Segurança da Rússia
Guardas de fronteiras da Rússia © Sputnik/ Vitaliy Ankov

"Em 30 de setembro, duas pessoas não identificadas tentaram entrar no território da Ucrânia ilegalmente, ignorando o ponto de controle. Durante a verificação de documentos, eles recorreram à resistência armada contra os guardas fronteiriços do FSB na região de Kursk", informou o FSB.

Durante o tiroteio, um deles se explodiu, o outro foi detido. Um dos guardas fronteiriços morreu devido aos ferimentos de bala mortais.

O Comitê investigativo da Rússia informou que foi aberto um processo penal contra o criminoso detido.


Postar um comentário