Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Índia e Japão iniciam exercício de guerra antissubmarino

As Marinhas Indiana e Japonesa iniciaram ontem um intenso exercício de guerra antissubmarino no Oceano Índico, disse um funcionário da defesa.


Poder Naval

O exercício no mar da Arábia será concluído em 31 de outubro, disse em um tweet o porta-voz da Marinha da Índia, Capitão D.K. Sharma.

P-3C da JMSDF

Um avião de combate antissubmarino de longo alcance P-8I da Indian Navy e dois aviões P-3 Orion da Força Marítima de Autodefesa do Japão (JMDSF) participarão do exercício.

As aeronaves P-3 Orion chegaram à estação naval INS Hansa em Goa no domingo para o exercício, que acontece ao mesmo tempo em que aumenta a presença de navios e submarinos chineses no Oceano Índico e Pequim assume uma postura agressiva no Mar da China Meridional.

A segurança marítima e a liberdade de navegação também ocuparam um lugar proeminente nos recentes diálogos de defesa bilaterais e multilaterais da Índia.

A Índia e o Japão, juntamente com os EUA, também se concentraram na guerra antissubmarino no exercício trilateral Malabar, em julho deste ano. A China havia dito naquela época que esperava que o exercício não visasse outros países.

A segurança marítima foi um assunto chave durante as interações entre o ministro da Defesa, Nirmala Sitharaman, e a ministra francesa da Defesa Florence Parly, bem como com o secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, durante suas recentes visitas. Quando o ministro da Defesa, Arun Jaitley, foi ao Japão para um diálogo de defesa bilateral em setembro, a segurança marítima voltou a ser focada.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas