Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Irã e Turquia fortalecem laços militares após referendo de independência no Curdistão

Representantes do Estado-Maior das Forças Armadas de Irã e Turquia realizaram um encontro em Teerã, nesta segunda-feira, para discutir a cooperação militar entre os dois países, em meio ao interesse mútuo de evitar a possibilidade de criação de um Estado curdo na região.


Sputnik

De acordo com a agência Tasnim, as partes concordaram em expandir a cooperação em termos de treinamento, realização de jogos de guerra e trocas de experiências, além da possibilidade de unir esforços para apoiar populações muçulmanas em dificuldade em Mianmar e outros países. 


Chefe do Estado-Maior da Turquia, general Hulusi Akar, com o seu colega iraniano, general Mohammad Baqeri, em Ancara (arquivo)
Chefe do Estado-Maior da Turquia Hulusi Akar e seu coleta iraniano Mohammad Hossein Baqeri © REUTERS/ Stringer

"Nós conversamos sobre as ameaças em comum e também sobre o referendo do Curdistão iraquiano, com ênfase na manutenção da integridade do Iraque e rejeição ao referendo", afirmou o general Mohammad Hossein Baqeri, chefe do Estado-Maior do Irã. Já o seu colega turco, Hulusi Akar, destacou por sua vez o bom relacionamento entre Ancara e Teerã, afirmando que os dois lados entraram em acordo sobre luta ao terrorismo e fortalecimento da segurança nas fronteiras.

O encontro entre os militares ocorre poucos dias antes de uma visita do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ao Irã, onde pretende discutir uma resposta conjunta ao referendo de independência realizado pelo Curdistão.


Postar um comentário