Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Itália decide expulsar embaixador da Coreia do Norte

O embaixador norte-coreano em Roma terá que sair da Itália, disse o ministro italiano das Relações Exteriores, Angelino Alfano.


Sputnik

"Nós tomamos a decisão séria de interromper a autorização do embaixador norte-coreano, ele terá de deixar a Itália", disse o chanceler em entrevista ao jornal La Repubblica.


Angelino Alfano Immigration Alfano Frontex should replace Mare Nostrum
Ministro italiano das Relações Exteriores, Angelino Alfano.

Angelino Alfano também considerou "encorajadora" a recente declaração do secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, de que os Estados Unidos mantêm canais de diálogo com Pyongyang.

A tensão está alta na península após uma série de testes balísticos norte-coreanos e exercícios militares dos Estados Unidos. O mais recente teste balístico do país de Kim Jong-un foi realizado no dia 15 de setembro, quando um míssil norte-coreano sobrevoou o norte do Japão antes de cair no Oceano Pacífico, cerca de 20 minutos após o lançamento.

A Itália costuma condenar os testes da Coreia do Norte e pedir o cancelamento de seu programa balístico e nuclear.

Na sexta-feira (29), a chancelaria italiana organizou uma reunião informal sobre a crise norte-coreana com representantes do G7, União Européia e Coreia do Sul e Austrália.


Postar um comentário