Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

Itália decide expulsar embaixador da Coreia do Norte

O embaixador norte-coreano em Roma terá que sair da Itália, disse o ministro italiano das Relações Exteriores, Angelino Alfano.


Sputnik

"Nós tomamos a decisão séria de interromper a autorização do embaixador norte-coreano, ele terá de deixar a Itália", disse o chanceler em entrevista ao jornal La Repubblica.


Angelino Alfano Immigration Alfano Frontex should replace Mare Nostrum
Ministro italiano das Relações Exteriores, Angelino Alfano.

Angelino Alfano também considerou "encorajadora" a recente declaração do secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, de que os Estados Unidos mantêm canais de diálogo com Pyongyang.

A tensão está alta na península após uma série de testes balísticos norte-coreanos e exercícios militares dos Estados Unidos. O mais recente teste balístico do país de Kim Jong-un foi realizado no dia 15 de setembro, quando um míssil norte-coreano sobrevoou o norte do Japão antes de cair no Oceano Pacífico, cerca de 20 minutos após o lançamento.

A Itália costuma condenar os testes da Coreia do Norte e pedir o cancelamento de seu programa balístico e nuclear.

Na sexta-feira (29), a chancelaria italiana organizou uma reunião informal sobre a crise norte-coreana com representantes do G7, União Européia e Coreia do Sul e Austrália.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas