Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Kim Jong-un se orgulha do desenvolvimento de suas 'valiosas' armas nucleares

Kim fez comentários em uma reunião do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia, ocasião em que também promoveu sua irmã Kim Yo-Jong.


Por G1

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, disse que se orgulha de que seu país continue desenvolvendo o seu "valioso" programa nuclear "para defender sua soberania das ameaças nucleares dos Estados Unidos". Suas declarações foram feitas durante uma reunião do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia neste sábado (7).

Resultado de imagem para kim jong un
Kim Jong-un

"As armas nucleares da República Popular Democrática da Coreia são um valioso fruto da sangrenta luta do seu povo por defender o destino e a soberania do país das prolongadas ameaças nucleares dos imperialistas americanos", disse durante a reunião.

O líder da Coreia do Norte também assegurou que a economia nacional está crescendo apesar das sanções impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas e pelos EUA em resposta ao desenvolvimento de armas nucleares.

Segundo a a agência estatal norte-coreana KCNA, Kim disse que considera "totalmente acertada" a sua política de apostar de maneira simultânea no desenvolvimento da economia e do seu arsenal nuclear, e pediu que se continue "de maneira invariável por este caminho no futuro".

O encontro, segundo a KCNA também serviu para o partido aprovar nomeações de funcionários de alto escalão.

Irmã 'promovida'

Durante o plenário, que acontece pelo menos uma vez ao ano, a irmã mais nova do líder norte-coreano, Kim Yo-jong, foi eleita como um dos novos membros do politburo do Comitê permanente do Partido, em um sinal de que está ganhando cada vez mais poder e presença no regime norte-coreano.

Além disso, Choe Ryong-hae, um colaborador muito próximo ao líder, se tornou membro da Comitê Central Militar do Partido dos Trabalhadores, enquanto que o ministro de Exteriores Ri Yong-ho foi escolhido membro do politburo do Comitê permanente, detalhou a agência estatal.

A reunião aconteceu em relação à comemoração do 72º aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores da Coreia, uma das datas mais importantes do calendário norte-coreano.

Postar um comentário