Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

OTAN mantém silêncio sobre evacuação de militantes do Afeganistão em aeronave dos EUA

O enviado especial do presidente russo ao Afeganistão, Zamir Kabulov, comentou em coletiva de imprensa depois da reunião do Conselho Rússia-OTAN em Bruxelas a nova estratégia dos EUA em relação ao Afeganistão.


Sputnik

A nova estratégia dos EUA em relação ao Afeganistão mina as chances de resolução política da situação no país; trata-se de óbvios aspectos negativos, declarou o enviado especial do presidente russo ao Afeganistão, Zamir Kabulov.


Soldados norte-americanos e afegãos andam abaixo dos helicópteros da OTAN
Soldados norte-americanos e afegãos em basa de OTAN no Afeganistão © AFP 2017/ WAKIL KOHSAR

A Rússia está esperando a reação dos líderes da OTAN "aos helicópteros sem sinais de identificação que foram vistos sobre o território do Afeganistão. Não recebemos resposta alguma", disse o diplomata.

"A OTAN não apresentou evidências documentais para sustentar as acusações da Rússia do apoio ao movimento radical Talibã", adicionou Zamir Kabulov.

Na semana passada, o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, disse que a reunião de 26 de outubro seria focada nos conflitos na Ucrânia e Afeganistão, bem como nos meios de reduzir os riscos de colisões e acidentes durante exercícios militares.

Na quinta-feira (26), o Conselho Rússia-OTAN realiza a terceira reunião deste ano.


Postar um comentário