Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

OTAN mantém silêncio sobre evacuação de militantes do Afeganistão em aeronave dos EUA

O enviado especial do presidente russo ao Afeganistão, Zamir Kabulov, comentou em coletiva de imprensa depois da reunião do Conselho Rússia-OTAN em Bruxelas a nova estratégia dos EUA em relação ao Afeganistão.


Sputnik

A nova estratégia dos EUA em relação ao Afeganistão mina as chances de resolução política da situação no país; trata-se de óbvios aspectos negativos, declarou o enviado especial do presidente russo ao Afeganistão, Zamir Kabulov.


Soldados norte-americanos e afegãos andam abaixo dos helicópteros da OTAN
Soldados norte-americanos e afegãos em basa de OTAN no Afeganistão © AFP 2017/ WAKIL KOHSAR

A Rússia está esperando a reação dos líderes da OTAN "aos helicópteros sem sinais de identificação que foram vistos sobre o território do Afeganistão. Não recebemos resposta alguma", disse o diplomata.

"A OTAN não apresentou evidências documentais para sustentar as acusações da Rússia do apoio ao movimento radical Talibã", adicionou Zamir Kabulov.

Na semana passada, o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, disse que a reunião de 26 de outubro seria focada nos conflitos na Ucrânia e Afeganistão, bem como nos meios de reduzir os riscos de colisões e acidentes durante exercícios militares.

Na quinta-feira (26), o Conselho Rússia-OTAN realiza a terceira reunião deste ano.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas