Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Peça de avião de caça cai em área rural de Piraí, RJ, e atrai curiosidade de moradores

Peça virou uma espécie de atração turística. Ela caiu há quatro meses, mas ninguém sabia a origem.


Por G1 Sul do Rio e Costa Verde

Uma peça de avião caiu no quintal de uma casa na zona rural em Piraí, RJ. O local está atraindo a curiosidade dos moradores e virou uma espécie de atração turística. A peça caiu há sete meses, mas nenhum morador sabia a origem. Segundo o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), a peça é a cobertura da cabine do piloto de um avião de caça.

Peça de avião caça cai em área rural de Piraí (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
Peça de avião caça cai em área rural de Piraí (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)

“Estava fazendo almoço, meu menino estava mexendo com animal, aí na hora que eu ouvi aquele barulhão, saí gritando dentro de casa, não sabia o que que era. Fiquei assustada, por que já pensou se isso cai em cima da casa?", argumentou a dona de casa Odete Teixeira.

Outros moradores também se assustaram com o barulho. “Eu estava pescando na lagoa ali, ouvi o barulho e saí correndo, não sabia o que que era. Depois a peça do avião ficou jogada no pasto alí e ninguém procurou. A gente pegou e guardou aqui no sítio até aparecer alguém, mas até hoje não apareceu nada”, contou o autônomo Jesus Gonçalves Monteiro.

O lanterneiro Newton César está cuidando da peça, enquanto o dono não aparece. “Ficou passando uns aviões por cima aí, mas não conseguiram encontrar ela, não. Estou tomando conta da peça para ver se aparece o dono dela”, disse.

O Cenipa confirmou o registro de um caso de perda de canopy, como é chamada a cobertura do cockpit de alguns tipos de aeronaves menores, como dos aviões militares. A peça encontrada na área rural de Piraí se ejetou da cabine traseira de um caça enquanto a aeronave sobrevoava a região de Volta Redonda no dia 20 de março. O centro de investigação informou ainda que ninguém se feriu. Os pilotos conseguiram retornar em segurança para base aérea de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, que fará o recolhimento da peça.

Postar um comentário