Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha e Aeronáutica do Brasil auxiliam buscas a submarino argentino desaparecido, diz ministro

Segundo Raul Jungmann, três navios e um avião brasileiros já foram disponibilizados. Última vez que o submarino militar com 44 pessoas a bordo manteve contato com a base foi na quarta-feira (15).
Por G1, Brasília

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, publicou em seu perfil no Twitter neste sábado (18) que três navios da Marinha brasileira "já estão auxiliando" nas buscas a um submarino argentino que desapareceu com 44 tripulantes a bordo.

Ainda segundo o ministro, a Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizou um avião para também ajudar na procura pelo submarino e um segundo avião "será deslocado para apoiar as buscas do submarino argentino desaparecido" a partir deste domingo (19).

O submarino militar ARA San Juan manteve contato com a base pela última vez na manhã de quarta-feira (15), quando estava no sul do Mar Argentino, a 432 quilômetros da costa patagônica do país.

De acordo com a FAB, o primeiro avião disponibilizado pelo Brasil decolou, com 18 tripulantes, às 17…

Polícia Federal iraquiana ocupa edifício administrativo da província de Kirkuk

Policiais federais do Iraque ocuparam o edifício da administração governamental da província de Kirkuk sem resistência alguma, declarou à Sputnik um dos oficiais do edifício.


Sputnik

De acordo com ele, na manhã dessa segunda-feira (16), a maioria dos funcionários da administração da província, incluindo seu governador, Najmiddin Karim, saiu do edifício e partiu em direção ao território de autonomia curda.


Forças iraquianas continuam avançando em Kirkuk
Tropas iraquianas avançam em Kirkuk © AFP 2017/ Ahmad Al-Rubaye

"As forças da Polícia Federal entraram no edifício da administração da província sem encontrar resistência alguma", afirmou um funcionário administrativo e conhecedor da situação.

Segundo ele, as forças federais controlaram "outros prédios importantes" do território da cidade.

Na madrugada do domingo (15), o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, ordenou ao exército e à polícia do país para assegurar a segurança das bases e instalações federais em Kirkuk. As Forças Armadas do Iraque partiram em direção à cidade.

Mais tarde na segunda-feira (16), militares iraquianos comunicaram que tinham estabelecido controle sobre várias jazidas de petróleo – Leilan, Baba-Karkar, Bai Hasan – sobre vários subúrbios da Kirkuk, base aérea K1, aeroporto e sobre outras instalações importantes.

O conflito entre Bagdá e a autonomia curda em torno da província de Kirkuk se iniciou depois do referendo sobre a independência que os curdos realizaram em 25 de setembro sem autorização das autoridades iraquianas.


Postar um comentário