Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Rússia ampliará seu escudo antimíssil com novo regimento de S-400 em 2017

A empresa militar industrial russa Almaz-Antey entregou ao Exército do país mais um lote de sistemas de defesa antiaérea avançados S-400, que já é o terceiro deste ano.


Sputnik

"A Almaz-Antey transferiu ao Ministério da Defesa da Rússia os sistemas S-400 Triumph para um regimento", informa o comunicado da empresa.


O sistema de defesa antiaéreo russo S-400 Triumph
S-400 Triumph © Sputnik/ Grigory Sysoev

Além disso, destaca-se que a quarta entrega será realizada até o fim do ano.

"O consórcio fornecerá outro lote de baterias S-400 antes do final do ano", afirmou a empresa, acrescentando que, assim, sua quantidade total atingirá as quatro unidades.

O S-400 Triumph é um sistema de mísseis de superfície móvel de próxima geração da Rússia que transporta três tipos diferentes de mísseis capazes de destruir alvos aéreos desde um alcance curto até um extremamente longo.

O sistema antiaéreo S-400 Triumph é capaz de abater objetivos aéreos de tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e tático-operacionais. Tem um alcance de até 400 quilômetros e pode destruir alvos a altitude de até 30 quilômetros.

Atualmente, os S-400 estão instalados em todas as regiões militares da Rússia, além de protegerem a capital do país.


Postar um comentário