Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Rússia fornecerá à Arábia Saudita sistemas de mísseis S-400 e outras armas

A Rússia e a Arábia Saudita acordaram o fornecimento de sistemas de mísseis S-400, assim como de vários outros armamentos, incluindo fuzis AK-103 da classe Kalashnikov.


Sputnik

A Rússia e a Arábia Saudita acordaram o fornecimento de sistema S-400, assim como de complexos de mísseis antitanque Kornet-EM, sistemas de lança-foguetes múltiplos pesados TOS-1 Buratino, lança-granadas AGS-30 e fuzis AK-103 da classe Kalashnikov, informou na segunda-feira (9) a Sputnik, citando Maria Vorobyova, representante oficial do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar da Rússia.


Sistemas de mísseis S-400 Triumph do regimento de defesa antiaérea na cidade russa de Teodósia, na Crimeia
Sistema antiaéreo S-400 Triumph © Sputnik/ Sergei Malgavko

"Chegamos a acordo com a Arábia Saudita de fornecer sistemas de defesa aérea S-400, mísseis antitanque Kornet-EM, sistemas TOS-1A, lança-granadas automáticos AGS-30, fuzis AK-103 da classe Kalashnikov", disse a representante.

Segundo ela, durante a visita do rei saudita Salman bin Abdulaziz Al Saud à Rússia, a produtora russa de armas Rosoboronexport e a empresa Indústrias Militares da Arábia Saudita (Saudi Arabian Military Industries, SAMI, na sigla em inglês) assinaram um acordo sobre a organização da produção de fuzis Kalashnikov AK-103 e respectivas munições na Arábia Saudita.

Vorobyova acrescentou também que a Rosoboronexport e a SAMI assinaram um memorando de cooperação na área da indústria de defesa.

Mais cedo, a agência de notícias Bloomberg publicou informações citando um comunicado de imprensa da SAMI, segundo o qual Moscou e Riad assinaram contratos que preveem a compra de sistemas de defesa aérea S-400 pelos sauditas.


Postar um comentário