Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Rússia realiza exercício com forças nucleares estratégicas e míssil Topol (VÍDEO)

A Rússia realizou nesta quinta-feira um exercício militar envolvendo suas forças nucleares estratégicas, durante o qual foi disparado um míssil balístico intercontinental Topol.


Sputnik

"Do cosmódromo estatal de testes de Plesetsk (Arkhangelsk), a Força Estratégica de Mísseis lançou um míssil intercontinental Topol contra o polígono de Kura (península de Kamchatka)", informou o Ministério da Defesa em comunicado. 


Míssil balístico intercontinental (ICBM) Topol, da unidade de mísseis de Novossibirsk (arquivo)
Míssil russo intercontinental Topol-M © Sputnik/ Aleksandr Kryazhev

No exercício, segundo a nota, um submarino nuclear da Frota do Pacífico também lançou, de forma simultânea, dois mísseis balísticos das águas do mar de Okhotsk contra o polígono de Chizha, em Arkhangelsk, enquanto outro submarino nuclear, da Frota do Norte, lançou um míssil balístico do mar de Barents também contra o polígono de Kura.

Ainda de acordo com a Defesa russa, também participaram das atividades bombardeiros estratégicos Tu-160, Tu-95MS e Tu-22M3, que dispararam mísseis de cruzeiro contra diferentes alvos.


Postar um comentário