Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Saab recebe mais uma encomenda de RBS 70 do Exército Brasileiro

A empresa de defesa e segurança Saab recebeu uma encomenda do Exército Brasileiro para entregas do sistema RBS 70 VSHORAD (Very Short-Range Air Defence). As entregas terão lugar em 2018-2019.


Forças Terrestres

O sistema RBS 70 está em serviço com o Exército Brasileiro e o sistema desempenhou um papel importante na proteção das Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro, Brasil. O contrato assinado entre a Saab e o Exército brasileiro inclui lançadores portáteis, simuladores de treinamento, sistemas de camuflagem e equipamentos associados para operadores e mantenedores.

RBS 70

“O Brasil tem um ambicioso programa para fortalecer sua capacidade de defesa aérea e esta é a nossa terceira encomenda do cliente nos últimos anos. Estamos orgulhosos de termos sido selecionados como fornecedor nessa transformação, sabendo que nosso sistema desempenha um papel importante na proteção de seu espaço aéreo e na defesa de infra-estrutura crítica “, diz Marianna Silva, gerente da Saab Brasil.

“O mercado global para sistemas de defesa aérea de curto alcance está crescendo e vemos uma demanda crescente do Brasil e de outros clientes em todo o mundo. Não só para o nosso sistema portátil, mas também para a nossa nova solução Mobile SHORAD que introduzimos na DSEI em Londres este ano “, diz Görgen Johansson, vice-presidente sênior e chefe de área de negócios da Saab Dynamics.

O portfólio Saab de sistemas de mísseis de defesa aérea de curto alcance baseados no solo compreende o RBS 70 e o RBS 70 NG melhorado. O sistema RBS 70 possui um histórico impressionante no mercado. 19 países adquiriram mais de 1.600 sistemas RBS 70, incluindo mais de 18.000 mísseis.

A Saab serve o mercado global com produtos, serviços e soluções líderes mundiais na defesa militar e segurança civil. A Saab tem operações e funcionários em todos os continentes em todo o mundo. Através de um pensamento inovador, colaborativo e pragmático, a Saab desenvolve, adota e melhora as novas tecnologias para atender às necessidades de mudança dos clientes.

Postar um comentário