Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Tillerson: tropas dos EUA vão ficar no Iraque até derrota do Daesh

Os Estados Unidos vão manter sua presença militar no Iraque sob a Autorização para Uso de Força Militar (AUMF) até que o Estado Islâmico (Daesh) seja completamente eliminado, segundo afirmou o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, nesta segunda-feira.


Sputnik

"Nós vamos permanecer no Iraque até que o ISIS seja derrotado, sob as AUMFs 2001 e 2002", disse Tillerson em audiência no Comitê de Relações Exteriores do Senado dos EUA. "Nós também estamos lá a convite do governo iraquiano". 


Soldados norte-americanos em Mossul, Iraque (foto de arquivo)
Soldados dos EUA em Mossul, Iraque © AP Photo/ Maya Alleruzzo

Em setembro, o Senado americano bloqueou uma medida para revogar a AUMF, assinado pelo presidente George W. Bush para punir "os responsáveis pelos ataques de 11 de setembro de 2001 e quaisquer forças associadas".

"Os Estados Unidos devem manter as autoridades legais adequadas para garantir que nada restrinja ou atrase a nossa capacidade de responder de forma eficaz e rápida às ameaças terroristas aos EUA. O secretário Mattis [Defesa] e eu, juntamente com o resto da administração, estamos completamente alinhados com essa questão", afirmou Tillerson.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas