Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Tillerson: tropas dos EUA vão ficar no Iraque até derrota do Daesh

Os Estados Unidos vão manter sua presença militar no Iraque sob a Autorização para Uso de Força Militar (AUMF) até que o Estado Islâmico (Daesh) seja completamente eliminado, segundo afirmou o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, nesta segunda-feira.


Sputnik

"Nós vamos permanecer no Iraque até que o ISIS seja derrotado, sob as AUMFs 2001 e 2002", disse Tillerson em audiência no Comitê de Relações Exteriores do Senado dos EUA. "Nós também estamos lá a convite do governo iraquiano". 


Soldados norte-americanos em Mossul, Iraque (foto de arquivo)
Soldados dos EUA em Mossul, Iraque © AP Photo/ Maya Alleruzzo

Em setembro, o Senado americano bloqueou uma medida para revogar a AUMF, assinado pelo presidente George W. Bush para punir "os responsáveis pelos ataques de 11 de setembro de 2001 e quaisquer forças associadas".

"Os Estados Unidos devem manter as autoridades legais adequadas para garantir que nada restrinja ou atrase a nossa capacidade de responder de forma eficaz e rápida às ameaças terroristas aos EUA. O secretário Mattis [Defesa] e eu, juntamente com o resto da administração, estamos completamente alinhados com essa questão", afirmou Tillerson.


Postar um comentário