Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Tillerson: tropas dos EUA vão ficar no Iraque até derrota do Daesh

Os Estados Unidos vão manter sua presença militar no Iraque sob a Autorização para Uso de Força Militar (AUMF) até que o Estado Islâmico (Daesh) seja completamente eliminado, segundo afirmou o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, nesta segunda-feira.


Sputnik

"Nós vamos permanecer no Iraque até que o ISIS seja derrotado, sob as AUMFs 2001 e 2002", disse Tillerson em audiência no Comitê de Relações Exteriores do Senado dos EUA. "Nós também estamos lá a convite do governo iraquiano". 


Soldados norte-americanos em Mossul, Iraque (foto de arquivo)
Soldados dos EUA em Mossul, Iraque © AP Photo/ Maya Alleruzzo

Em setembro, o Senado americano bloqueou uma medida para revogar a AUMF, assinado pelo presidente George W. Bush para punir "os responsáveis pelos ataques de 11 de setembro de 2001 e quaisquer forças associadas".

"Os Estados Unidos devem manter as autoridades legais adequadas para garantir que nada restrinja ou atrase a nossa capacidade de responder de forma eficaz e rápida às ameaças terroristas aos EUA. O secretário Mattis [Defesa] e eu, juntamente com o resto da administração, estamos completamente alinhados com essa questão", afirmou Tillerson.


Postar um comentário