Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Tillerson: tropas dos EUA vão ficar no Iraque até derrota do Daesh

Os Estados Unidos vão manter sua presença militar no Iraque sob a Autorização para Uso de Força Militar (AUMF) até que o Estado Islâmico (Daesh) seja completamente eliminado, segundo afirmou o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, nesta segunda-feira.


Sputnik

"Nós vamos permanecer no Iraque até que o ISIS seja derrotado, sob as AUMFs 2001 e 2002", disse Tillerson em audiência no Comitê de Relações Exteriores do Senado dos EUA. "Nós também estamos lá a convite do governo iraquiano". 


Soldados norte-americanos em Mossul, Iraque (foto de arquivo)
Soldados dos EUA em Mossul, Iraque © AP Photo/ Maya Alleruzzo

Em setembro, o Senado americano bloqueou uma medida para revogar a AUMF, assinado pelo presidente George W. Bush para punir "os responsáveis pelos ataques de 11 de setembro de 2001 e quaisquer forças associadas".

"Os Estados Unidos devem manter as autoridades legais adequadas para garantir que nada restrinja ou atrase a nossa capacidade de responder de forma eficaz e rápida às ameaças terroristas aos EUA. O secretário Mattis [Defesa] e eu, juntamente com o resto da administração, estamos completamente alinhados com essa questão", afirmou Tillerson.


Postar um comentário