Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Países muçulmanos reconhecem Jerusalém como capital do Estado da Palestina

Os países da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) acordaram nesta quarta-feira reconhecer Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidaram as outras nações a fazer o mesmo, em resposta à decisão dos EUA de declarar Jerusalém como capital de Israel.
EFE

"Declaramos Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidamos todos os países a reconhecer o Estado da Palestina com Jerusalém Oriental como sua capital ocupada", indica a minuta da declaração preparada nesta quarta-feira em Istambul por esta organização, formada por 57 países de maioria muçulmana.


A OCI, formada por 57 países de maioria muçulmana, inclui desde sua fundação em 1969 a Palestina como membro pleno, com sua capital em Jerusalém.

O documento, apresentado pelos "reis, chefes de Estado e de Governo dos Estados membros da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)", apresenta em 23 pontos a postura do mundo muçulmano perante a decisão dos EUA.

Nesse texto, a OCI &quo…

Trump acusa Irã de financiamento da Coreia do Norte

O presidente norte-americano, Donald Trump, acusou Teerã de apoio financeiro à Coreia do Norte.


Sputnik

"Estou seguro que eles [o Irã] financiam a Coreia do Norte, estou seguro que eles têm comércio com a Coreia do Norte, estou seguro que eles têm negócios com a Coreia do Norte, o que é completamente inaceitável", afirmou o líder norte-americano em entrevista ao canal TBN.


Vista de Teerã, capital do Irã
Teerã, capital do Irã © flickr.com/ peyman abkhezr

Trump frisou que as ações do Irã "minam o espirito" do acordo nuclear e prometeu anunciar sua decisão quanto à postura dos EUA no âmbito do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, sigla em inglês; acordo internacional acerca do programa nuclear iraniano) no futuro próximo.

O presidente dos EUA acrescentou que considera o Irã um "ator ruim" que merece ser tratado "do jeito correspondente".

Anteriormente, várias fontes da mídia comunicaram que Trump tenciona abandonar JCPOA e anunciar que o acordo contraria os interesses nacionais dos EUA.


Postar um comentário