Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Trump: governos anteriores dos EUA fizeram 'papel de tonto' com Coreia do Norte

O presidente dos EUA, Donald Trump, assegurou que a política dos governos anteriores de seu país em relação à Coreia do Norte foi errônea e não deu resultados esperados.


Sputnik

"Nosso país tratou em vão de resolver os problemas com a Coreia do Norte, gastou bilhões de dólares e não recebeu nada, a política não deu resultado", disse Trump em sua conta no Twitter. 


Presidente norte-americano Donald Trump fala com repórteres antes de viajar a Bedminster, New Jersey, da Casa Branca em Washington, Estados Unidos, 29 de setembro de 2017
Donald Trump, presidente dos EUA © REUTERS/ Joshua Roberts

Segundo o presidente norte-americano, Washington fez "papel de tonto", firmando acordos que "foram violados antes que a tinta estivesse seca".

Dias atrás, Trump realizou uma reunião no Pentágono, onde ele fez várias declarações agressivas sobre Pyongyang.

Este ano, a Coreia do Norte realizou seu sexto teste nuclear, com uma bomba de hidrogênio para ser colocada em mísseis intercontinentais, além de uma série de testes de mísseis balísticos, incluindo o lançamento de dois mísseis balísticos supostamente capazes de chegar ao território dos EUA e dois mísseis de alcance intermediário que voou sobre uma ilha que faz parte do território japonês.


Postar um comentário