Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Morte made in Brazil: conflitos no Oriente Médio alavancam exportação de armamento do país

Uma missão árabe chegou ao Brasil interessada na compra de cargueiros KC-390 fabricados pela Embraer. A visita é resultado do esforço do Grupo Parlamentar Brasil-Arábia Saudita, criado no início deste mês, para aproximar os dois países no campo de defesa militar.
Sputnik

O KC-390 vai substituir os Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB), é o maior avião produzido na América e foi concebido como um jato militar de transporte, anunciado pela primeira vez na edição de 2007 da Latin America Aero & Defence (LAAD), no Rio de Janeiro. A produção do avião, com capacidade para 23 toneladas de carga, envolve parcerias com fornecedores de peças de Argentina, Portugal e República Tcheca. Com um custo unitário de US$ 85 milhões, o KC-390, em fase final de testes, tem recebido propostas de compra de vários países.



A compra do cargueiro, porém, é apenas um detalhe na exportação brasileira de armamentos não só para a Arábia Saudita, como também para vários países do Oriente Médio e do Norte d…

Brasil envia embarcações para auxiliar buscas de submarino argentino

Três navios e um avião da Marinha do Brasil se somaram neste sábado à busca do submarino argentina ARA San Juan, desaparecido desde a última quarta-feira nas águas do Atlântico, informou o ministro da Defesa, Raul Jungmann.


EFE

Jungman indicou que foram enviados a fragata Rademaker, o navio polar Maximiano e o navio socorro submarino Filinto Perry, este último especializado em operações de socorro de submarinos e mergulhadores.

Raul Jungmann, em foto de setembro de 2017. EFE/ Antonio Lacerda
Raul Jungmann, em foto de setembro de 2017. EFE/ Antonio Lacerda

Segundo o ministro, os três navios e um avião das Forças Armadas "já estão auxiliando nas buscas" do submarino, com o qual as autoridades argentinas perderam contato na quarta-feira.

O ARA San Juan, com 44 tripulantes a bordo, partiu na segunda-feira do porto de Ushuaia e se dirigia à sua base, na cidade de Mar del Plata

As buscas se concentraram em uma área a 430 quilômetros do ponto mais próximo do litoral ao sudeste da península Valdés, na província de Chubut, e delas participam navios de vários países, liderados pela Marinha da Argentina.

Postar um comentário