Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China convoca embaixador dos EUA após sanção por compra de jatos russos

O Ministério de Relações Exteriores da China convocou neste sábado o embaixador dos EUA em Pequim para protestar contra a decisão de Washington de sancionar uma agência militar chinesa e seu diretor após a compra de caças russos e de avançado sistema de mísseis terra-ar.
Reuters

O vice-ministro das Relações Exteriores chinês, Zheng Zeguang, convocou o embaixador Terry Branstad para apresentar “representações severas” e protestar contra as sanções, disse a pasta.

Mais cedo, o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Wu Qian, disse que a decisão da China de comprar caças e sistemas russos foi um ato normal de cooperação entre países soberanos, e que os Estados Unidos “não tinham o direito de interferir”.

Na quinta-feira, o Departamento de Estado dos EUA impôs sanções ao Departamento de Desenvolvimento de Equipamentos da China (EED, na sigla em inglês) depois que o órgão se envolveu em “transações significativas” com a Rosoboronexport, principal exportadora de armas da Rússia.

As sanções est…

China e Coreia do Norte estreitam as relações, apesar das pressões dos EUA

A China e a Coreia do Norte, após a visita do representante especial de Pequim a Pyongyang, concordaram em fortalecer os contatos entre os partidos governantes, bem como em estreitar ainda mais as relações bilaterais, informou a agência de notícias Xinhua.


Sputnik

O enviado especial do presidente da China Xi Jinping, Song Tao, desembarcou na Coreia do Norte na sexta-feira passada, onde se reuniu com a direção do Partido dos Trabalhadores da Coreia.


Fronteira da China com a Coreia do Norte
Fronteira da China com a Coreia do Norte © AP Photo/ Ng Han Guan, File

"As partes conversaram sobre as relações entre os dois partidos e sobre a situação na península da Coreia, manifestaram a prontidão para fortalecer os contatos entre os partidos e decidiram cooperar para seguir desenvolvendo as relações entre a Coreia do Norte e a China", informou o comunicado da agência.

Segundo Xinhua, Song Tao informou seus colegas coreanos sobre os resultados da 19 Assembleia Geral do Partido Comunista da China, realizado entre os dias 18 e 24 de outubro em Pequim. Os dirigentes coreanos parabenizaram Song Tao pela realização bem-sucedida da Assembleia e transmitiu os seus votos para que o "povo chinês, sob a liderança de Xi Jinping na qualidade de líder do partido, alcance ainda mais sucesso na construção de um estado socialista moderno".

Durante a sua visita, Song Tao aproveitou para prestar honra aos voluntários chineses que, entre 1950 e 1953, participaram na Guerra da Coreia, do lado de Pyongyang, e que estão enterrados em um cemitério militar na capital norte-coreana.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas