Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Coreia do Norte: 14 mil militares dos EUA participam de exercício militar com Japão

Japão e Estados Unidos iniciaram um exercício militar de 10 dias nesta quinta-feira (16).


Sputnik

Após a ameaça nuclear oferecida pela Coreia do Norte dominar boa parte da agenda da recente viagem à Ásia do presidente Donald Trump, cerca de 14 mil militares dos EUA, o porta-aviões nuclear USS Ronald Reagan e outras embarcações participarão do exercício nas proximidades de Okinawa, no Japão.


Exercícios Foal Eagle com militares de EUA e Coreia do Sul (arquivo)
Tropas dos EUA e Coreia do Sul em exercício militar © AP Photo/ Lee Jin-man

Pyongyang afirma que estes exercícios são ensaios de uma possível invasão e em ocasiões similares já realizou testes de mísseis balísticos como resposta.

A atividade anual "é projetada para aumentar a prontidão defensiva e a interoperabilidade das forças japonesas e americanas através do treinamento nas operações aéreas e marítimas", disse a Marinha dos EUA por meio de comunicado.

No final de semana, o porta-aviões USS Ronald Reagan participou de exercícios no Oceano Pacífico ocidental com aeronaves do Japão e da Coreia do Sul.

O embaixador norte-coreano na Organização das Nações Unidas (ONU), Ja Song Nam, afirmou por meio de carta que a situação atual é "pior da história" na península coreana.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas