Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Coreia do Norte diz que teste de míssil teve reentrada bem-sucedida de ogiva na atmosfera

A Coreia do Norte disse que o novo míssil balístico intercontinental (ICBM) que testou na terça-feira foi lançado com um veículo recentemente desenvolvido e que sua ogiva pôde suportar a pressão da reentrada na atmosfera da Terra.


James Pearson | Reuters

SEUL - O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, acompanhou pessoalmente o teste e disse que o novo lançador é “impecável”, relatou a mídia estatal. Ele descreveu o novo veículo como um “grande avanço”.


Resultado de imagem para Coreia do Norte diz que teste de míssil teve reentrada bem-sucedida de ogiva na atmosfera
Homem passa por tela que exibe reportagem sobre teste de míssil da Coreia do Norte, em Tóquio, no Japão 29/11/2017 REUTERS/Toru Hanai

Observadores e analistas colocaram em dúvida a habilidade da Coreia do Norte de dominar a tecnologia necessária para elaborar uma ogiva capaz de suportar a enorme pressão de reentrada na atmosfera da Terra e sugeriram que o país ainda pode demorar anos para desenvolver um veículo de entrega confiável para uma arma nuclear.

Entretanto, o lançamento de terça-feira confirmou novamente “a segurança de uma ogiva na reentrada do ambiente atmosférico”, disse a mídia estatal, sem dar mais detalhes.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas