Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Disparos de artilharia rompem segundo dia de trégua em Ghouta Oriental

Disparos de artilharia abalaram a calma instalada na região de Ghouta Oriental, principal bastião da oposição síria nos arredores de Damasco e onde está em vigor um cessar-fogo desde ontem, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Os projéteis impactaram na madrugada passada a região de Haza, enquanto nesta manhã houve um ataque similar em Ain Tarma, onde foram registrados apenas danos materiais, detalhou a ONG, que não precisou a origem dos disparos.

Resultado de imagem para Ghouta Oriental
Ghouta Oriental | Reprodução internet

Ontem o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan De Mistura, anunciou que o governo sírio tinha aceitado uma trégua em Ghouta Oriental proposta na segunda-feira pela Rússia.

"Fui informado pelos russos, que tinham proposto um cessar-fogo em Ghouta Oriental, que o governo aceitou", disse o mediador à imprensa depois de se reunir com o chefe negociador da opositora Comissão Suprema para Negociações (CSN), Nasser Hariri.

O Ministério de Defesa da Rússia sugeriu há dois dias que fosse decretado um cessar-fogo de 48 horas em Ghouta Oriental a partir de ontem.

O Observatório acrescentou que esta cessação das hostilidades acontece após duas semanas de escalada da violência na região, onde morreram 151 pessoas, entre elas 35 menores.

A trégua coincide com a oitava rodada de negociações de paz em Genebra, promovidas pela ONU, à qual hoje finalmente se deve somar a delegação do governo sírio.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas