Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

Disparos de artilharia rompem segundo dia de trégua em Ghouta Oriental

Disparos de artilharia abalaram a calma instalada na região de Ghouta Oriental, principal bastião da oposição síria nos arredores de Damasco e onde está em vigor um cessar-fogo desde ontem, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Os projéteis impactaram na madrugada passada a região de Haza, enquanto nesta manhã houve um ataque similar em Ain Tarma, onde foram registrados apenas danos materiais, detalhou a ONG, que não precisou a origem dos disparos.

Resultado de imagem para Ghouta Oriental
Ghouta Oriental | Reprodução internet

Ontem o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan De Mistura, anunciou que o governo sírio tinha aceitado uma trégua em Ghouta Oriental proposta na segunda-feira pela Rússia.

"Fui informado pelos russos, que tinham proposto um cessar-fogo em Ghouta Oriental, que o governo aceitou", disse o mediador à imprensa depois de se reunir com o chefe negociador da opositora Comissão Suprema para Negociações (CSN), Nasser Hariri.

O Ministério de Defesa da Rússia sugeriu há dois dias que fosse decretado um cessar-fogo de 48 horas em Ghouta Oriental a partir de ontem.

O Observatório acrescentou que esta cessação das hostilidades acontece após duas semanas de escalada da violência na região, onde morreram 151 pessoas, entre elas 35 menores.

A trégua coincide com a oitava rodada de negociações de paz em Genebra, promovidas pela ONU, à qual hoje finalmente se deve somar a delegação do governo sírio.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas