Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

Especialista militar: interceptor A-235 'pode ser instalado em qualquer ponto da Rússia'

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou um vídeo com os testes do novo míssil modernizado A-235. O especialista militar Aleksei Leonkov, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, frisou que este tipo de míssil pode ser instalado em qualquer ponto da Rússia.


Sputnik

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou um vídeo dos testes do novo míssil interceptor. Os ensaios foram realizados pelas tropas da Força Aeroespacial da Rússia. O interceptor de mísseis modernizado atingiu com sucesso o alvo convencional.


Teste do míssil interceptor russo (imagem referencial)
Teste do míssil russo Interceptor © Foto: Youtube / Vasya Ivanov

Vale destacar que a velocidade mínima de voo do novo antimíssil russo chega aos 3 km/s (10.800 km/h) o que supera várias vezes a velocidade de uma bala.

O especialista militar Aleksei Leonkov, diretor comercial da revista Arsenal Otetshestva, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, enfatizou que as capacidades do novo complexo são significativamente maiores.

"Em Sary-Shagan decorreu mais uma fase de testes do novo míssil, que em breve será adotado pela defesa antimíssil. É um sistema de defesa móvel, o que permite instalar tal tipo de mísseis por todo o perímetro do país e em qualquer ponto da Rússia, protegendo assim não apenas a Região Econômica Central, como hoje em dia é assegurado pelo sistema de defesa antimíssil A-135, mas proteger todos os alvos, todos os territórios necessários; são estes os objetivos principais destes sistemas", assinalou Aleksei Leonkov.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas