Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Mais 2 palestinos morrem após ataque israelense na Faixa de Gaza

Total de mortos chega a 4 após Israel atacar a Faixa de Gaza e atingir militantes do Hamas; confrontos começaram após Donald Trump reconhecer Jerusalém como capital israelense.
Por G1

Mais dois palestinos morreram neste sábado (9) em um ataque aéreo israelense na Faixa de Gaza contra alvos do movimento palestino Hamas. A Defesa de Israel disse que o bombardeio foi uma resposta a um foguete lançado pelo Hamas na sexta-feira. Os confrontos começaram após o presidente norte-americano, Donald Trump, reconhecer Jerusalém como a capital israelense nesta semana.

"Na manhã de sábado, equipes de resgate encontraram os corpos de dois palestinos que morreram em ataques aéreos israelenses na noite passada no norte da Faixa de Gaza", disse o porta-voz Ashraf Al Qedra.

Com essas duas mortes, subiu para quatro o número de palestinos mortos desde a última sexta-feira (8). Já são mais de 300 feridos desde que o grupo islâmico voltou a atacar Israel, após a decisão do governo americano, tomada na…

Exército russo testa com sucesso novo míssil interceptor (VÍDEO)

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou um vídeo mostrando o teste do novo sistema de defesa antimísseis.


Sputnik

Os testes decorreram no polígono de Sary-Shagan, Cazaquistão, sendo realizados pelas tropas de defesa antiaérea e antimíssil da Força Aeroespacial da Rússia. O interceptor de mísseis modernizado atingiu com sucesso o alvo convencional.


Sistema da defesa antimíssil russo
Sistema de defesa antimíssil russo © Sputnik/ Aleksei Filipov

O sistema de defesa antimíssil está no serviço da Força Aeroespacial russa, defendendo Moscou de ataques do ar. Outra tarefa do sistema é apoiar os sistemas de alerta sobre ataques de mísseis e de controle do espaço cósmico.

Agora a defesa da capital russa é assegurada pelo sistema antimísseis A-135. O desenvolvimento começou em 1971, enquanto os primeiros testes foram realizados em 1979. O A-135 é composto por um radar Don-2N, um posto de controlo e baterias equipadas com interceptores 53T6.

Em 2014, começaram os testes de interceptores do novo sistema de defesa antimíssil A-235.




Postar um comentário