Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

No Rio, chefe de missões de paz da ONU visita fragata que levará militares brasileiros ao Líbano

Em visita oficial ao Brasil, o subsecretário-geral das Nações Unidas para as operações de paz, Jean-Pierre Lacroix, visitou a fragata “Independência”, que levará o novo contingente de militares brasileiros para a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL).


ONU

Na tarde desta terça-feira (28), o subsecretário-geral das Nações Unidas para as operações de paz, Jean-Pierre Lacroix, visitou a fragata “Independência”, que levará o novo contingente de militares brasileiros para a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL).


No Rio de Janeiro, chefe de missões de paz da ONU, Jean-Pierre Lacroix, visita fragata que levará militares brasileiros ao Líbano. Foto: UNIC Rio/Maurizio Giuliano
No Rio de Janeiro, chefe de missões de paz da ONU, Jean-Pierre Lacroix, visita a fragata que levará militares brasileiros ao Líbano | ONU

O representante da ONU está em visita oficial de dois dias ao país.

“A contribuição do Brasil, além dos números – que foram muito importantes –, foi significativa do ponto de vista da estratégia, da capacidade dos brasileiros de implementar projetos e ideias inovadoras, que foram muito importantes para estabelecer uma relação de confiança com a população e o governo haitiano”, afirmou mais cedo Lacroix ao Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio).

“O comportamento das tropas brasileiras no Haiti e em outros lugares foi sempre exemplar. Isto para nós é muito importante. Temos uma política de zero tolerância em relação aos casos de abusos sexuais, então essa tradição de conduta e disciplina, de respeito às regras, é muito importante.”

Na segunda-feira (27), Lacroix visitou a capital brasileira e se encontrou com diversas autoridades. Ele também fez uma palestra a cerca de 100 pessoas, entre militares e civis, reunido no auditório do Ministério da Defesa. O subsecretário-geral destacou que os resultados positivos das missões de paz dependem de uma comunidade internacional unida, e defendeu “apoio ao processo político”.

Lacroix enfatizou também a importância de foco nas missões prioritárias. “O tempo dos mandatos multidimensionais complexos ficou para trás”, afirmou.


Postar um comentário