Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

No Rio, chefe de missões de paz da ONU visita fragata que levará militares brasileiros ao Líbano

Em visita oficial ao Brasil, o subsecretário-geral das Nações Unidas para as operações de paz, Jean-Pierre Lacroix, visitou a fragata “Independência”, que levará o novo contingente de militares brasileiros para a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL).


ONU

Na tarde desta terça-feira (28), o subsecretário-geral das Nações Unidas para as operações de paz, Jean-Pierre Lacroix, visitou a fragata “Independência”, que levará o novo contingente de militares brasileiros para a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL).


No Rio de Janeiro, chefe de missões de paz da ONU, Jean-Pierre Lacroix, visita fragata que levará militares brasileiros ao Líbano. Foto: UNIC Rio/Maurizio Giuliano
No Rio de Janeiro, chefe de missões de paz da ONU, Jean-Pierre Lacroix, visita a fragata que levará militares brasileiros ao Líbano | ONU

O representante da ONU está em visita oficial de dois dias ao país.

“A contribuição do Brasil, além dos números – que foram muito importantes –, foi significativa do ponto de vista da estratégia, da capacidade dos brasileiros de implementar projetos e ideias inovadoras, que foram muito importantes para estabelecer uma relação de confiança com a população e o governo haitiano”, afirmou mais cedo Lacroix ao Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio).

“O comportamento das tropas brasileiras no Haiti e em outros lugares foi sempre exemplar. Isto para nós é muito importante. Temos uma política de zero tolerância em relação aos casos de abusos sexuais, então essa tradição de conduta e disciplina, de respeito às regras, é muito importante.”

Na segunda-feira (27), Lacroix visitou a capital brasileira e se encontrou com diversas autoridades. Ele também fez uma palestra a cerca de 100 pessoas, entre militares e civis, reunido no auditório do Ministério da Defesa. O subsecretário-geral destacou que os resultados positivos das missões de paz dependem de uma comunidade internacional unida, e defendeu “apoio ao processo político”.

Lacroix enfatizou também a importância de foco nas missões prioritárias. “O tempo dos mandatos multidimensionais complexos ficou para trás”, afirmou.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas