Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

'O mais mortífero': mídia estrangeira fala do submarino russo mais recente (video)

A mídia estrangeira publicou matérias sobre o novo submarino russo Knyaz Vladimir que foi lançado à agua recentemente.


Sputnik

O Daily Mail, por exemplo, chamou o submarino de "o mais mortífero no mundo". O jornal destaca que submarino está equipado com 20 mísseis (na verdade são 16) balísticos intercontinentais R-30 Bulava que dispõem de ogivas múltiplas de 150 quilotons cada uma. O submarino pode lançar misseis à distância de até 9,3 mil km. Para além disso, o submarino pode navegar à profundidade de quase 400 m, o que o torna quase invisível para os radares.


Resultado de imagem para submarino Knyaz Vladimir
O novo submarino russo Knyaz Vladimir | Reprodução

Destaca-se ainda que o concorrente americano do Knyaz Vladimir, o submarino Ohio, porta 24 mísseis Trident II com menos alcance e o próprio submarino tem menor capacidade de imersão.

Os artigos da mídia são acompanhados com comentários contraditórios.

"Parece que eles estão anos mais à frente quando se trata destas coisas", escreve o Solution.

A maioria das armas russas é velharia que vai se desfazer até ao café da manhã. Não importa o que dizem os vossos líderes. A Rússia não é uma superpotência e a OTAN, graças aos EUA, esmagaria facilmente essa velharia", comentou BetterDeadThanRed.

Outros destacaram a liderança da Rússia no desenvolvimento de armas e sublinharam que é muito importante cooperar com Moscou.

Knyaz Vladimir é o quarto submarino do projeto 955 Borei. O submarino entrará em serviço da Frota do Norte já em 2018.



Postar um comentário