Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Pentágono divulga dados sobre abuso sexual no exército dos EUA

O Pentágono tornou públicos os dados sobre assédio sexual no exército dos EUA. O relatório correspondente foi publicado no site Departamento de Defesa norte-americano neste sábado (18).


Sputnik

O Departamento de Prevenção da Violência Sexual forneceu ao Departamento de Defesa dos EUA um documento analisando queixas de assédio recebidas de bases militares dos EUA em todo o mundo. O relatório apresenta dados de 2013 a 2016.


Exército dos EUA
Tropa do US Army © AP Photo/ Mindaugas Kulbis

O documento abrange casos de violência sexual das forças navais, terrestres, fuzileiros navais e bases militares conjuntas em zonas de combate como o Iraque, o Afeganistão e outros.

Conforme indicado no relatório, não é necessário que o assédio sexual tenha ocorrido com base na denúncia. Muitas vezes, os militares são transferidos para instalações militares mais equipadas ou grandes, enquanto o incidente em si poderia ocorrer na base onde o soldado serviu anteriormente.

O documento observa que o número de casos de violência sexual é maior nas instalações militares onde os novos recrutas são treinados.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas