Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Programa de armamento da Rússia vai priorizar dissuasão nuclear

A prioridade no novo programa de armamento estatal da Rússia será voltada para a dissuasão nuclear, além de dar uma especial atenção às armas de alta precisão. A informação foi divulgada pelo vice-ministro da Defesa da Rússia, Yuri Borisov, nesta quinta-feira (23).


Sputnik

"A primeira prioridade, é claro, é dada ao desenvolvimento de sistemas de dissuasão nuclear como o principal ramo das forças armadas para garantir a segurança do nosso país em qualquer tipo de conflito", disse ele. 


Portões em frente ao Ministério da Defesa da Rússia
Portões do Ministério da Defesa da Rússia © Sputnik/ Evgeny Byatov

Além disso, foi destacado que "uma atenção particular é voltada às armas de alta precisão", pois, de acordo com ele, "esta é uma tendência atual em todos os conflitos militares".

Na última terça-feira (23), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou que as Forças Armadas da Rússia receberam mais de 3.400 peças de equipamentos militares modernizados e novos no âmbito do programa estatal de compras de armas em 2017.

Nos últimos meses, a Rússia acelerou seus testes de mísseis balísticos, mostrou seu poder militar e implantou muitas armas e equipamentos no território sírio, onde atua desde setembro de 2015.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas