Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Programa de armamento da Rússia vai priorizar dissuasão nuclear

A prioridade no novo programa de armamento estatal da Rússia será voltada para a dissuasão nuclear, além de dar uma especial atenção às armas de alta precisão. A informação foi divulgada pelo vice-ministro da Defesa da Rússia, Yuri Borisov, nesta quinta-feira (23).


Sputnik

"A primeira prioridade, é claro, é dada ao desenvolvimento de sistemas de dissuasão nuclear como o principal ramo das forças armadas para garantir a segurança do nosso país em qualquer tipo de conflito", disse ele. 


Portões em frente ao Ministério da Defesa da Rússia
Portões do Ministério da Defesa da Rússia © Sputnik/ Evgeny Byatov

Além disso, foi destacado que "uma atenção particular é voltada às armas de alta precisão", pois, de acordo com ele, "esta é uma tendência atual em todos os conflitos militares".

Na última terça-feira (23), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou que as Forças Armadas da Rússia receberam mais de 3.400 peças de equipamentos militares modernizados e novos no âmbito do programa estatal de compras de armas em 2017.

Nos últimos meses, a Rússia acelerou seus testes de mísseis balísticos, mostrou seu poder militar e implantou muitas armas e equipamentos no território sírio, onde atua desde setembro de 2015.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas