Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Rússia anuncia data do primeiro voo de 'cisne branco' modernizado

O Tu-160M2, a versão modernizada do mais avançado bombardeiro estratégico soviético, conhecido como "cisne branco", realizará seu primeiro voo a partir do aeródromo da fábrica aeronáutica de Kazan em fevereiro de 2018, informou uma fonte do complexo industrial-militar russo.


Sputnik

"O avião, com o número de registo 804, finalizado com base no avião soviético, será transportado do hangar de montagem da fábrica de Kazan para a instalação de provas em novembro de 2017", declarou a fonte.


Um bombardeiro estratégico Tu-160
Tupolev Tu-160 da Rússia © flickr.com/ cryogenic666

O avião militar será capaz de realizar as mesmas tarefas que as 16 unidades de Tu-160 que já estão no serviço das Forças Armadas russas. O modelo 804 servirá como protótipo do Tu-160M2.

Em 2015 o Ministério da Defesa da Rússia anunciou seus planos de reiniciar a produção dos porta-mísseis estratégicos Tu-160 em sua versão modernizada e adiar o prazo final de desenvolvimento do bombardeio estratégico de nova geração PAK DA.

A produção em série dos Tu-160M2 deve começar em 2023. A Força Aeroespacial russa planeja adquirir pelo menos 50 bombardeiros estratégicos desse tipo.

Altos funcionários do ministério russo sublinharam que o modelo modernizado representa “um novo avião dentro de uma fuselagem conhecida”, destacando a atualização de todo o equipamento, sistemas e armamentos.

O Tu-160 é bombardeiro estratégico capaz de transportar mísseis de cruzeiro dotados de ogivas convencionais e nucleares. Esta classe de aviões, junto com outro bombardeiro estratégico, o Tu-95MS, constituem o componente aéreo da tríade nuclear russa, composta ainda por sistemas de mísseis terrestres e submarinos atômicos.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas