Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Mais 2 palestinos morrem após ataque israelense na Faixa de Gaza

Total de mortos chega a 4 após Israel atacar a Faixa de Gaza e atingir militantes do Hamas; confrontos começaram após Donald Trump reconhecer Jerusalém como capital israelense.
Por G1

Mais dois palestinos morreram neste sábado (9) em um ataque aéreo israelense na Faixa de Gaza contra alvos do movimento palestino Hamas. A Defesa de Israel disse que o bombardeio foi uma resposta a um foguete lançado pelo Hamas na sexta-feira. Os confrontos começaram após o presidente norte-americano, Donald Trump, reconhecer Jerusalém como a capital israelense nesta semana.

"Na manhã de sábado, equipes de resgate encontraram os corpos de dois palestinos que morreram em ataques aéreos israelenses na noite passada no norte da Faixa de Gaza", disse o porta-voz Ashraf Al Qedra.

Com essas duas mortes, subiu para quatro o número de palestinos mortos desde a última sexta-feira (8). Já são mais de 300 feridos desde que o grupo islâmico voltou a atacar Israel, após a decisão do governo americano, tomada na…

Seul responde ao lançamento de Pyongyang com simulação de 'ataque de precisão' (VÍDEO)

Após 75 dias de pausa, a Coreia do Norte realizou outro teste de míssil balístico, causando agitação por todo o mundo. A vizinha Coreia do Sul não tardou a responder, testando seu próprio arsenal.


Sputnik

O Estado-Maior Conjunto sul-coreano anunciou que Seul efetuou exercícios de mísseis minutos após Pyongyang ter lançado seu míssil balístico intercontinental (ICBM) na manhã de quarta-feira.


O míssil sul-coreano Hyunmoo II, lançado durante um exercício em resposta ao teste de míssil norte-coreano, 29 de novembro de 2017
Míssil sul-coreano Hyunmoo II lançado durante exercício em resposta ao teste do míssil norte-coreano © REUTERS/ Ministério da Defesa/Yonhap

"As Forças Armadas da Coreia do Sul mostraram sua forte determinação e capacidade de conter a ameaça da Coreia do Norte ao realizar exercícios de mísseis de tiro real após a provocação", disse o chefe do Estado-Maior Conjunto, general Jeong Kyeong-doo, citado pela agência Yonhap.

O simulacro de "ataque de precisão" foi efetuado cerca de seis minutos após o lançamento do míssil norte-coreano.

O vídeo, publicado pelo portal de notícias The Intel Crab, mostra três lançamentos consecutivos rodeados por fumaça. Os mísseis teriam atingido seus alvos, localizados no mar a 50 metros da costa.

Seul realizou os exercícios em resposta à Coreia do Norte, que lançou esta madrugada "um míssil balístico não identificado em direção ao mar do Japão [também conhecido como mar do Leste] […] por volta das 3:17 da manhã [hora local]", segundo o Estado-Maior Conjunto sul-coreano.

Segundo as estimativas sul-coreanas, o ICBM da Coreia do Norte, Hwasong-15, percorreu uma distância de 965 quilômetros, atingindo uma altitude de cerca de 4.500 quilômetros, tornando-se o voo mais longo e de maior altitude até agora.


Postar um comentário