Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Helicópteros americanos estariam resgatando terroristas do Daesh de prisão síria

Os helicópteros norte-americanos tiraram terroristas do Daesh de uma prisão na cidade síria de Al-Hasakah, informou uma fonte local à Sputnik.
Sputnik

"Habitantes locais viram do telhado helicópteros estadunidenses aterrissando no território de uma prisão local, controlada pelos curdos, para tirar de lá terroristas do Daesh", afirmou a fonte — que preferiu não ser identificada — em Al-Hasakah à Sputnik Árabe.


Além disso, há informações que os militares norte-americanos estariam trazendo para a prisão várias munições, porque planejam criar no lugar uma base.

Anteriormente, a mídia iraquiana comunicou que helicópteros dos EUA tinham transportado membros do grupo Daesh (proibido na Rússia) da prisão central de Al-Hasakah para sua base perto do povoado Abu Hajar, no leste da Síria.

De acordo com fontes locais, na prisão de Al-Hasakah, muito bem fortificada, estariam encarcerados cerca de 100 terroristas, a maioria de cidadania estrangeira. Especialistas sírios acham que são os mesmos…

Tu-22M3 russos em ação contra o Daesh na Síria

O ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo dos ataques aéreos realizados por aeronaves TU-22M3 contra as instalações do grupo terrorista Daesh nos arredores da cidade de Al-Bukamal, na Síria.


Sputnik

Os alvos do ataque eram postos de apoio, agrupamentos de combatentes e os blindados dos terroristas.


Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria
Bombardeiros Tupolev Tu-22 da Rússia © Sputnik/ Ministério da Defesa da Federação da Rússia

Mais cedo, Sputnik informou que um grupo de TU-22M3, que decolou do território russo, realizou um ataque aéreo coordenado contra as instalações do Daesh nos arredores da cidade de Al-Bukamal, na província de Deir ez-Zor. O centro de controle da Força Aeroespacial da Rússia informou que todos os alvos foram atingidos.

Os caças SU-30SM, operando a partir da base aérea de Hmeymim, escoltaram os bombardeiros em todo o território sírio.

Todas as aeronaves russas retornaram para as suas respectivas bases.


Postar um comentário