Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Caças dos EUA disparam contra jatos russos na Síria

Aviões F-22 das Forças Armadas norte-americanas deram tiros de aviso após jatos russos entrarem em uma zona de segurança na Síria.


Sputnik

A informação foi divulgada nesta quinta-feira pelo Washington Examiner.


F-22 Raptor, da Força Aérea dos Estados Unidos
F-22 Raptor | US Air Force / Master Sgt. Jeremy Lock

O incidente, segundo um funcionário da Defesa dos EUA ouvido pelo site, teria ocorrido ontem a leste do rio Eufrates. De acordo com ele, as aeronaves russas, caças Sukhoi Su-25, deixaram rapidamente a área, uma zona de desescalada concordada por Washington e Moscou, após a interceptação e os disparos.

Até o momento, nem o Pentágono nem o Ministério da Defesa da Rússia se pronunciaram oficialmente sobre o assunto.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas