Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Crianças do Afeganistão são nova arma do Daesh

Na área de Darzab da província de Jawzjan, na fronteira com Turcomenistão, cerca de 300 jovens combatentes do Daesh passam treinamento, comunicou o administrador regional Baz Mohammad Dawar à agência de notícias afegã Pajhwok.


Sputnik

Segundo informa a Pajwok, citando Baz Mohammad Dawar, os terroristas do Daesh contratam crianças e jovens de até 20 anos de idade, pagando a cada uma de 434 a 580 dólares. 


Residentes afegãos em burcas
Mulheres e crianças afegãs © AFP 2017/ SHAH Marai

Fahima Sadat, deputada do Parlamento do Afeganistão da província de Jawzjan, afirma que hoje em dia 95% do território da província está sob controle de terroristas devido à falta de iniciativas por parte do governo.

"Quando os terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) chegaram a Jawzjan, o povo se mostrou preocupado e o governo prometeu libertar o território, mas até hoje não tomou qualquer medida", comunicou Fahima Sadat à Sputnik Dari.

De acordo com ela, moradores dos distritos de Darzab e Qushtapa confirmam que os militantes do Daesh trouxeram consigo cerca de "20-40 crianças de 9 a 14 anos para as áreas afastadas dos distritos". As suas famílias não sabem onde os filhos estão e o que fazem. De acordo com Sadat, os terroristas treinam estas crianças como homens-bomba.

Sadat acredita que o desemprego é a razão que leva os adolescentes a aderirem ao Daesh. Embora não se saiba exatamente quanto eles ganham aí, ela afirma que o seu rendimento é "3 vezes maior que o salário dos soldados do exército nacional".

Entretanto, o porta-voz do Ministério da Defesa do Afeganistão Dawlat Waziri negou a informação de que os terroristas controlam 50% do território do país e afirmou que o governo "garante a segurança em 34 províncias e em mais de 400 distritos do Afeganistão", afirmando que o Daesh já foi derrotado em várias províncias. De acordo com ele, o fato de haver atentados terroristas não significa que o território seja controlado por eles.


Postar um comentário