Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Defesa dos EUA emite alerta após encontrar panfletos de propaganda norte-coreana em bases

As Forças Armadas dos Estados Unidos emitiram um alerta na última quinta-feira pedindo aos seus soldados para ficarem em estado de alerta após a descoberta de vários panfletos de propaganda da Coreia do Norte em bases dos EUA na Coreia do Sul.


Sputnik

De acordo com o Stars & Stripes, os folhetos foram encontrados após a fuga de um soldado norte-coreano, através da zona desmilitarizada, para o sul. 


Poster com propaganda norte-coreana, culpando EUA e países hostis pelas sanções: Todas as regiões dos EUA estão ao alcance dos nossos mísseis agora!
Poster com propaganda norte-coreana culpando os EUA e países hostis pelas sanções © REUTERS/ KCNA

"Dado o número de cidadãos estrangeiros com acesso às nossas instalações militares, via emprego, patrocínio e programas de parceria, o potencial para ameaças internas é sempre uma realidade", advertiu a Defesa norte-americana. "É essencial que os nossos homens relatem todas as propagandas e indivíduos suspeitos para as autoridades competentes, para ajudar a mitigar potenciais ameaças".

Segundo as Forças Armadas dos EUA, aqueles que distribuem esse tipo de panfleto têm como interesse atrapalhar as operações e a prontidão das tropas americanas para "lutar nesta noite".


Postar um comentário