Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Netanyahu: Irã está criando exército contra Israel

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, acusou Israel de violar o direito internacional e avisou Tel Aviv sobre as consequências caso o país continue seguindo a mesma linha anti-Irã. Em resposta, o primeiro-ministro israelense respondeu que a Guarda Revolucionária Iraniana pretende destruir o seu país.
Sputnik

Falando durante a sessão do Estado-Maior General das Forças de Defesa Israelenses (IDF, sigla em inglês), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, criticou as recentes declarações de Teerã em relação a Tel Aviv.


"Hoje ouvi o que disse o chanceler iraniano, acusando Israel de violar direito internacional. Trata-se do ministro do Exterior de um país que envia drones militares contra Israel e mísseis contra a Arábia Saudita. Também ouvi palavras moderadas, e há um abismo enorme entre as palavras e as ações da Guarda Revolucionária [Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica] que está construindo um exército contra Israel com o objetivo declarado…

Estado-Maior da Rússia informa que a Síria foi completamente libertada do Daesh

O Estado Maior da Rússia informou nesta quarta-feira (6) que a Síria foi completamente libertada do Daesh. De acordo com o chefe do Estado-Maior General russo, Valery Gerasimov, o restante dos terroristas remanescentes foram derrotados em Deir ez-Zor.


Sputnik

"Todas as formações do Daesh [Estado Islâmico] no território da Síria foram destruídas, e o próprio território foi libertado. O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, informou isso há uma hora ao comandante-chefe, o presidente Vladimir Putin", disse Gerasimov.


Soldados do exército sírio perto de Deir ez-Zor
Soldados sírios em Deir ez-Zor © Sputnik/ Mikhail Alaeddin

Segundo ele, as tropas do general sírio Suhel Hassan derrotaram os militantes remanescentes na província de Deir ez-Zor e libertaram diversos assentamentos, aliando-se com as forças do governo que avançaram a partir do sul.

"Assim, hoje não existe território na Síria sob o controle do Daesh", afirmou o chefe do Estado-Maior.

Valery Gerasimov acrescentou que a cooperação entre a Rússia e os EUA contribuiu para a normalização da situação na Síria. De acordo com ele, "o formato de cooperação existente permitiu assinar um memorando entre a Jordânia, a Rússia e os EUA em 7 de julho de 2017 e criar a primeira zona desmilitarizada no sul da Síria".


Postar um comentário