Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

Estado-Maior da Rússia informa que a Síria foi completamente libertada do Daesh

O Estado Maior da Rússia informou nesta quarta-feira (6) que a Síria foi completamente libertada do Daesh. De acordo com o chefe do Estado-Maior General russo, Valery Gerasimov, o restante dos terroristas remanescentes foram derrotados em Deir ez-Zor.


Sputnik

"Todas as formações do Daesh [Estado Islâmico] no território da Síria foram destruídas, e o próprio território foi libertado. O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, informou isso há uma hora ao comandante-chefe, o presidente Vladimir Putin", disse Gerasimov.


Soldados do exército sírio perto de Deir ez-Zor
Soldados sírios em Deir ez-Zor © Sputnik/ Mikhail Alaeddin

Segundo ele, as tropas do general sírio Suhel Hassan derrotaram os militantes remanescentes na província de Deir ez-Zor e libertaram diversos assentamentos, aliando-se com as forças do governo que avançaram a partir do sul.

"Assim, hoje não existe território na Síria sob o controle do Daesh", afirmou o chefe do Estado-Maior.

Valery Gerasimov acrescentou que a cooperação entre a Rússia e os EUA contribuiu para a normalização da situação na Síria. De acordo com ele, "o formato de cooperação existente permitiu assinar um memorando entre a Jordânia, a Rússia e os EUA em 7 de julho de 2017 e criar a primeira zona desmilitarizada no sul da Síria".


Postar um comentário

Postagens mais visitadas