Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Novas incursões sauditas matam 5 civis iemenitas em Hudaydah

Pelo menos cinco civis foram mortos e vários outros ficaram feridos quando caças da Arábia Saudita realizaram uma série de ataques aéreos contra um bairro residencial na província costeira de Hudaydah, no Iêmen, enquanto o regime de Riad continua com sua campanha de bombardeio contra seu vizinho empobrecido.
Pars Today

Fontes locais, falando sob condição de anonimato, disseram à rede de televisão al-Masirah que aviões militares sauditas lançaram três ataques aéreos contra uma área no distrito de al-Hali, localizada a 150 quilômetros a sudoeste da capital Sana, na quinta-feira. tarde.


As fontes acrescentaram que cinco pessoas perderam a vida nos ataques, enquanto outras sofreram ferimentos.

Durante o dia, aviões de guerra sauditas atingiram o aeroporto de Sa'ada e a base militar de Kahlan, situada a 3 quilômetros a nordeste da cidade montanhosa do noroeste de Saada, com bombas de fragmentação.

EUA evacuam chefes do Estado Islâmico de Deir ez-Zor em helicópteros da coalizão internacional

Helicópteros dos EUA evacuaram os líderes do Daesh (Estado Islâmico - organização terrorista proibida na Rússia) da província síria de Deir ez-Zor à província de Al-Hasakah no nordeste da Síria, informou a agência SANA.


Sputnik

Segundo fontes citadas pela agência, na noite de 28 de dezembro, vários helicópteros decolaram no norte de Deir ez-Zor, sobrevoaram a baixa altitude o campo Al-Sad e aterrissaram ao sul da cidade de Al-Hasaka.


Edifícios destruidos em Deir ez-Zor
Deir ez-Zor © REUTERS/ Khalil Ashawi

A bordo dos helicópteros viajavam comandantes do Daesh que planejavam se juntar às Forças Democráticas da Síria (FDS) apoiadas pela coalizão internacional liderada pelos EUA, informou a SANA.

As fontes sublinharam que não é a primeira vez que os líderes do Daesh fogem com ajuda de helicópteros norte-americanos.

Em novembro de 2017, habitantes da cidade síria de Al-Mayadin disseram que helicópteros dos EUA evacuaram chefes estrangeiros do Daesh da cidade síria de Al-Mayadin duas semanas antes do início da operação de libertação da cidade pelo exército sírio.

Em setembro, uma fonte diplomática e militar confirmou à Sputnik que em agosto a Força Aérea norte-americana evacuou mais de 20 chefes militares do Daesh e seus combatentes mais próximos de Deir ez-Zor em direção ao norte da Síria.


Postar um comentário