Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan diz que Turquia continuará operação na Síria, pactuada com Moscou

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta segunda-feira que seu país não interromperá sua operação militar lançada no sábado contra as milícias curdas aliadas dos Estados Unidos no norte da Síria e insistiu que esta operação está pactuada com a Rússia.
EFE

"Não vamos retroceder em Afrin. Falamos com os russos e há consenso", disse o político islamita em relação à região do norte da Síria nas mãos das milícias curdas Unidades de Proteção do Povo (YPG), que Ancara considera terroristas e aliadas da guerrilha curda da Turquia, o PKK.


Erdogan voltou a acusar os EUA de armar e apoiar as YPG, aliadas de Washington contra o grupo jihadista Estado Islâmico.

"Não são honestos conosco. Continuaremos o nosso caminho no marco das conversações que mantemos com a Rússia", apontou.

"Queríamos comprar armas (com os EUA). Não nos deram e entregaram as mesmas armas a organizações terroristas. Que tipo de aliança estratégica é essa?", afirmou o presidente da T…

Exército do Sudão do Sul e rebeldes entram em confronto horas após cessar-fogo

Partes trocaram acusações sobre quem iniciou conflito na cidade de Koch. Acordo tinha sido assinado no dia 21 de dezembro e entrado em vigor na manhã deste domingo (24).


Reuters


O exército do Sudão do Sul entrou em conflito com rebeldes em um região produtora de petróleo no domingo (24), disseram as duas parte, interrompendo um cessar-fogo horas após ele entrar em vigor.

Resultado de imagem para sudão do sul guerra
Reprodução

As partes trocaram acusações sobre o início do conflito na cidade de Koch. De acordo com uma fonte humanitária, 17 trabalhadores de ajuda humanitária fugiram da violência. Não havia detalhes imediatos sobre fatalidades.

O governo e os grupos rebeldes assinaram um cessar-fogo na quinta-feira, na mais recente tentativa de terminar uma guerra civil de quatro anos e deixar os grupos humanitários chegar a civis.

O cessar-fogo entrou formalmente em vigor na manhã de domingo, mas o conflito ocorreu logo na sequência, segundo um relatório de ajuda humanitária visto pela Reuters.

"Nossas forças enfrentaram fogo pesado nesta manhã em Koch", disse Dickson Gatluak, porta-voz do lado do governo.

O porta-voz dos rebeldes Lam Paul Gabriel disse que o exército atacou primeiro e as forças rebeldes estavam agora perseguindo soldados do governo pela cidade.

Postar um comentário