Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Exército sírio cerca fortaleza terrorista próximos a Damasco

As forças do governo sírio cercaram uma fortaleza de militantes do Jabhat Fatah al Sham (anteriormente conhecido como Frente Nusra) em um assentamento a sudoeste de Damasco, informou a mídia local.


Sputnik

De acordo com a agência estatal de notícias SANA, as unidades do exército sírio, em cooperação com as forças da milícia, expulsaram os terroristas de uma posição estratégica como resultado de intensos confrontos ao leste do povoado de Beit Jinn.


Exército sírio está combatendo Frente al-Nusra ao leste do Damasco
Exército sírio está combatendo a Frente al-Nusra a leste de Damasco © Sputnik. Sputnik Árabe

A guerra civil síria tem deixado um rastro de destruição durante seis anos, com forças do governo lutando contra ambos grupos de oposição sírios, que se esforçam para derrubar o presidente Bashar Assad e numerosos grupos extremistas e terroristas, como o Daesh (Estado Islâmico) e o Jabhat Fatah al-Sham.

As Forças Aeroespaciais Russas têm apoiado as forças do governo sírio em sua luta contra os terroristas desde 2015 a pedido do presidente sírio. Em 11 de dezembro, o presidente russo, Vladimir Putin, ordenou a retirada de uma parte significativa das tropas russas da Síria apenas alguns dias depois de ter anunciado uma vitória "completa" sobre o Estado Islâmico no país.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas