Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Netanyahu: Irã está criando exército contra Israel

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, acusou Israel de violar o direito internacional e avisou Tel Aviv sobre as consequências caso o país continue seguindo a mesma linha anti-Irã. Em resposta, o primeiro-ministro israelense respondeu que a Guarda Revolucionária Iraniana pretende destruir o seu país.
Sputnik

Falando durante a sessão do Estado-Maior General das Forças de Defesa Israelenses (IDF, sigla em inglês), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, criticou as recentes declarações de Teerã em relação a Tel Aviv.


"Hoje ouvi o que disse o chanceler iraniano, acusando Israel de violar direito internacional. Trata-se do ministro do Exterior de um país que envia drones militares contra Israel e mísseis contra a Arábia Saudita. Também ouvi palavras moderadas, e há um abismo enorme entre as palavras e as ações da Guarda Revolucionária [Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica] que está construindo um exército contra Israel com o objetivo declarado…

Homem-bomba mata 5 civis em frente a agência de inteligência de Cabul

Estado Islâmico reivindicou autoria do atentado, na manhã desta segunda-feira (25). Outras duas pessoas ficaram feridas após ataque.


Por G1


Pelo menos 5 pessoas morreram e outras duas ficaram feridas após um ataque suicida em Cabul, no Afeganistão, na manhã desta segunda-feira (25). O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado.

Forças de segurança do Afeganistão fecham acesso a agência de inteligência em Cabul após atentado nesta segunda-feira (25) (Foto: REUTERS/Omar Sobhani)
Forças de segurança do Afeganistão fecham acesso a agência de inteligência em Cabul após atentado nesta segunda-feira (25) (Foto: REUTERS/Omar Sobhani)

O ataque aconteceu nas proximidade de uma das principais agências de inteligência do Afeganistão. Segundo a agência Reuters, o autor do atentado ainda não foi identificado. Ele teria chegado a pé ao local e vestia um colete com explosivos.

Todas as vítimas do homem-bomba eram pedestres que passavam em frente ao Diretório Nacional de Segurança.

A explosão ocorre uma semana depois de o Estado Islâmico reivindicar um ataque a uma instalação de treinamento da mesma agência, que terminou com os terroristas mortos.

Em um comunicado emitido através da agência de notícias do grupo, o Estado Islâmico disse que também estava atrás do ataque desta segunda-feira.

Postar um comentário