Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Homem-bomba mata 5 civis em frente a agência de inteligência de Cabul

Estado Islâmico reivindicou autoria do atentado, na manhã desta segunda-feira (25). Outras duas pessoas ficaram feridas após ataque.


Por G1


Pelo menos 5 pessoas morreram e outras duas ficaram feridas após um ataque suicida em Cabul, no Afeganistão, na manhã desta segunda-feira (25). O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado.

Forças de segurança do Afeganistão fecham acesso a agência de inteligência em Cabul após atentado nesta segunda-feira (25) (Foto: REUTERS/Omar Sobhani)
Forças de segurança do Afeganistão fecham acesso a agência de inteligência em Cabul após atentado nesta segunda-feira (25) (Foto: REUTERS/Omar Sobhani)

O ataque aconteceu nas proximidade de uma das principais agências de inteligência do Afeganistão. Segundo a agência Reuters, o autor do atentado ainda não foi identificado. Ele teria chegado a pé ao local e vestia um colete com explosivos.

Todas as vítimas do homem-bomba eram pedestres que passavam em frente ao Diretório Nacional de Segurança.

A explosão ocorre uma semana depois de o Estado Islâmico reivindicar um ataque a uma instalação de treinamento da mesma agência, que terminou com os terroristas mortos.

Em um comunicado emitido através da agência de notícias do grupo, o Estado Islâmico disse que também estava atrás do ataque desta segunda-feira.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas