Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Índia testa mais uma vez seu antimíssil supersônico AAD

A Organização de Pesquisa e Desenvolvimento da Defesa da Índia (DRDO, na sigla em inglês) realizou um novo e bem-sucedido teste de seu míssil interceptor supersônico conhecido como AAD, sigla em inglês para defesa aérea avançada.


Sputnik

Lançado da ilha Abdul Kalam a leste da costa do estado de Orissa, o AAD destruiu um míssil balístico a uma altura de 30 quilômetros sobre o golfo de Bengala.


Lançamento de um míssil interceptor supersônico AAD
CC BY 2.5 / Sniperz11 / Launching of Advanced Air Defence (AAD) missile

"Foi uma missão brilhante, o míssil interceptor atingiu diretamente o alvo, isso abre o caminho para incorporá-lo nas Forças Armadas antes do esperado", comentou uma fonte militar, citada pelo jornal The New Indian Express.

Projetado por engenheiros locais, o AAD é um míssil que tem 7,5 metros de comprimento, menos de meio metro de diâmetro e pesa 1,2 tonelada.

Consiste em uma única etapa, utiliza combustível sólido e pode destruir mísseis balísticos a uma altura de até 25 ou 30 quilômetros.

O teste de 28 de dezembro foi o terceiro deste ano. Os testes passados do AAD aconteceram em meados de fevereiro e no início de março.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas