Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Iraque anuncia controle total de fronteira com a Síria, último reduto do EI

O primeiro-ministro do Iraque, Haider al Abadi, anunciou neste sábado que o exército do país retomou o controle de toda a fronteira com a Síria, o último reduto que o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) mantinha em território iraquiano.


EFE

"As nossas forças conseguiram o controle total das fronteiras com a Síria", garantiu Abdadi em um pronunciamento aos meios de comunicação em Bagdá.


EFE/EPA/Ali Abbas
EFE/EPA/Ali Abbas

O primeiro-ministro acrescentou que "a vitória foi conquistada graças à unidade de todos os iraquianos na luta contra um inimigo que não pensava que veríamos neste dia".

Por sua parte, o subcomandante das forças iraquianas conjuntas, Abdelamir Yarala, confirmou o final da guerra contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) após a recuperação dos últimos territórios que os jihadistas controlavam junto à fronteira com a Síria, nas províncias de Ninawa e Al Anbar.

"Foi consumada a libertação de todos os territórios do Iraque dos grupos do Daesh (acrônimo em árabe do EI) e nossas forças controlam as fronteiras entre o Iraque e a Síria desde a passagem fronteiriça de Al Walid até a de Rabia", detalhou Yarala em um comunicado.

O Estado Islâmico lançou no verão de 2014 uma ampla ofensiva na Síria e no Iraque, e ocupou uma grande parte do território iraquiano, onde em 10 de junho desse ano tomou o controle de Mossul, a segunda maior cidade do país e o principal núcleo urbano que os jihadistas chegaram a dominar.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas