Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Iraque anuncia vitória completa sobre o Daesh

No sábado (9), o primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, anunciou a vitória completa sobre o grupo terrorista Daesh no território do seu país.


Sputnik

"Nossas Forças Armadas estabeleceram o controle total sobre a fronteira sírio-iraquiana e, por isso, anunciamos o fim da guerra contra o Daesh", declarou al-Abadi no âmbito de uma coletiva de imprensa.


Exército iraquiano nos arredores de Mossul
Tropas iraquianas em Mossul © Sputnik/ Hikmet Durgun

Ao mesmo tempo, o político iraquiano destacou que as forças governamentais do país também conseguiram retomar o controle sobre a fronteira com a Síria.

Além disso, o alto responsável político iraquiano sublinhou que o inimigo (Daesh) tinha surgido com objetivo de destruir a civilização. Não obstante, o Iraque "o venceu graças à sua unidade e determinação", derrotando os terroristas "em um prazo curto".

O grupo terrorista Daesh ocupou uma grande parte do Iraque em 2014, inclusive a segunda maior cidade do país — Mossul.

Em 2017, depois de uma ofensiva militar em grande escala, Mossul foi libertada, logo depois foram concluídas as operações militares em outros bastiões dos terroristas no país.

Na quinta-feira (7), o Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia tinha anunciado sobre a derrota completa dos terroristas do Daesh no território sírio.

Após a derrota do Daesh, os militares russos se concentrarão em observar o cumprimento do cessar-fogo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas