Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Israel inicia exercícios militares entre Faixa de Gaza e Jordânia

Nesse domingo (24) começa um treinamento militar que se estenderá até quinta-feira (28) na região centro e sul de Israel, entre os dois territórios palestinos, comunicaram as Forças de Defesa de Israel (IDF).


Sputnik

Os exercícios serão realizados na região de Qiryat Gat, 30 quilômetros a oeste da cidade jordaniana de Hebrom, e na base militar de Tze'elim, 20 quilômetros a leste da Faixa de Gaza, próximo do deserto de Neguev.


Tanques israelenses perto da fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza quando retornam do enclave costeiro palestino controlado pelo Hamas em 5 de agosto de 2014
Tanques israelenses na fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza © AFP 2017/ THOMAS COEX

As manobras foram planejadas com antecedência e implicarão um aumento da presença militar nessas áreas, disse o porta-voz das IDF, citado pela agência Israel National News.

As manobras se realizam após os EUA terem reconhecido Jerusalém como capital de Israel, decisão que desencadeou a condenação por parte da comunidade internacional.

Logo depois desse anúncio pelo presidente dos EUA Donald Trump, que envolve a transferência da embaixada dos EUA de Tel Aviv para Jerusalém, teve lugar uma série de ataques com mísseis por parte das forças israelenses e do movimento palestino Hamas, em meio a uma nova escalada da violência na região.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas