Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Israel responde ao foguete lançado da Faixa de Gaza com ataque a postos palestinos

O exército israelense atacou duas instalações militares na Faixa de Gaza em resposta ao disparo de projéteis do território palestino. A informação foi divulgada pelo serviço de imprensa do exército israelense.


Sputnik

Anteriormente, foi informado que um foguete foi lançado contra o território israelense, mais não alcançaram Israel e caíram dentro do enclave palestino.


Caça israelita F-16
Caças F-16 da Força Aérea de Israel © AFP 2017/ JACK GUEZ

"Pouco tempo antes, dois projéteis foram disparados do norte de Gaza e explodiram ao sul de Israel. Em resposta a esses projéteis disparados contra Israel durante o dia, um tanque e uma aeronave das Forças de Defesa de Israel atacaram dois postos de terror em Gaza", escreveu o serviço de imprensa da Forças de Defesa de Israel em seu blog oficial do Twitter.

As tensões no Oriente Médio se elevaram após o anúncio do presidente dos EUA, Donald Trump, na quarta-feira, sobre o reconhecimento de Jerusalém como a capital de Israel, causando uma serie de intensas manifestações do lado palestino.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas