Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Israel responde ao foguete lançado da Faixa de Gaza com ataque a postos palestinos

O exército israelense atacou duas instalações militares na Faixa de Gaza em resposta ao disparo de projéteis do território palestino. A informação foi divulgada pelo serviço de imprensa do exército israelense.


Sputnik

Anteriormente, foi informado que um foguete foi lançado contra o território israelense, mais não alcançaram Israel e caíram dentro do enclave palestino.


Caça israelita F-16
Caças F-16 da Força Aérea de Israel © AFP 2017/ JACK GUEZ

"Pouco tempo antes, dois projéteis foram disparados do norte de Gaza e explodiram ao sul de Israel. Em resposta a esses projéteis disparados contra Israel durante o dia, um tanque e uma aeronave das Forças de Defesa de Israel atacaram dois postos de terror em Gaza", escreveu o serviço de imprensa da Forças de Defesa de Israel em seu blog oficial do Twitter.

As tensões no Oriente Médio se elevaram após o anúncio do presidente dos EUA, Donald Trump, na quarta-feira, sobre o reconhecimento de Jerusalém como a capital de Israel, causando uma serie de intensas manifestações do lado palestino.


Comentários

Postagens mais visitadas