Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Itália pretende integrar força militar em país africano

A Itália pretende diminuir sua presença militar no Afeganistão e Iraque após o Daesh ser derrotado e pretende iniciar uma nova missão militar no Níger, afirmou a ministra italiana da Defesa, Roberta Pinotti.


Sputnik

"Pretendemos reduzir nossa presença pela metade ao reduzir o contingente protegendo a barragem de Mosul", afirmou Roberta em entrevista ao jornal La Republica neste domingo (17).


Soldados do Níger
Soldados do Níger © AFP 2017/ BOUREIMA HAMA/ File

A Itália pretende diminuir seu contingente de 1.500 para 900 militares e já informou seus aliados internacionais que fazem parte das missões no Afeganistão e Iraque, de acordo com a ministra da Defesa.

Ela também anunciou a intenção da Itália iniciar uma missão militar no Níger:

"Nosso princípio é que as forças armadas devem lidar com ameaças relacionadas ao país. Creio que seria importante rever as missões para evitar um efeito direto na zona que chamamos de 'Mediterrâneo extendido'. A operação no Níger é fruto dessa estratégia."

Roberta ressoltou que um grupo militar especial está sendo criado com forças da Organização das Nações Unidas (ONU), União Europeia e cinco Estados africados da região do Sahel.

"Este território tem uma importância fundamental para nós, tanto em termos de luta contra o terrorismo como contra a rede criminosa que controla a migração ilegal".

Desde 2015, a Europa sofre a pior crise de migração na história recente e luta para acomodar centenas de milhares de refugiados e migrantes que fogem de hostilidades nos países do Oriente Médio e do Norte da África. Os refugiados chegam principalmente na Grécia e na Itália, pois utilizam o transporte ilegal de navios através do Mar Mediterrâneo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas