Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Mais de mil localidades aderiram ao cessar-fogo na Síria durante o último ano

Segundo o Centro Russo de Conciliação na Síria, 140 acordos de trégua foram assinados com diversos grupos armados ilegais, e mais de mil localidades no país aderiram ao regime de cessar-fogo.


Sputnik

"Desde o início do ano, mais de mil acordos de adesão de localidades ao regime de cessar-fogo foram assinados. Além disso, 140 declarações de trégua foram celebradas com os líderes de grupamentos armados ilegais", informou um comunicado do centro russo neste sábado.


Um combatente das Forças Democráticas da Síria (FDS) perto do rio Eufrates, ao norte de Raqqa (foto de arquivo)
Combatente das Forças Democráticas da Síria no rio Eufrates © REUTERS/ Rodi Said

O documento também destaca que o número de comboios humanitários da ONU que ajudaram as zonas desmilitarizadas na Síria aumentou 50% no quarto trimestre de 2017.

A Síria vive um conflito armado desde março de 2011, no qual as tropas governamentais são confrontadas por grupos armados de oposição e organizações terroristas.

De acordo com dados de altos funcionários da ONU, cerca de 400 mil pessoas perderam a vida no conflito.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas