Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Militares russos e sírios garantem entrega de ajuda humanitária à cidade síria de Afrin

Funcionários militares russos e sírios garantiram a chegada de um comboio de ajuda humanitária do Comitê Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho Árabe Sírio para a cidade síria de Afrin. A informação foi divulgada pelo Centro Russo para a Reconciliação da Síria.


Sputnik

"As forças do governo sírio e o Centro Russo para a Reconciliação da Síria garantiram a segurança da chegada do comboio humanitário do Comitê Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho Árabe Sírio para a cidade de Afrin, na província de Aleppo", diz o comunicado.


Refugiados no distrito de Afrin, Curdistão sírio, 11 de fevereiro de 2016
Refugiados de Afrin, Curdistão sírio © Sputnik/ Hikmet Durgun

Foi relatado também que representantes do Centro Russo e as Nações Unidas na Síria estudaram a situação humanitária na província oriental de Deir ez-Zor, preparando propostas de cooperação na região.

A região de Deir ez-Zor tem sido cenário de constantes bombardeios da artilharia e das Forças Aéreas russa e síria contra as posições do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico). Os militantes buscam impedir o avanço da infantaria síria com ataques de homens e carros-bomba.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas