Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Ministério da Defesa russo: EUA nunca tiveram nem terão seu 'próprio céu' na Síria

Segundo o Ministério russo, as declarações do exército norte-americano que na Síria existe parte do espaço aéreo pertencente aos EUA provocam perplexidade.


Sputnik

"As declarações dos representantes do exército norte-americano de que na Síria existe uma parte do espaço aéreo que pertence aos EUA provocam perplexidade", declarou o representante oficial do Ministério da Defesa russo major-general Igor Konashenkov.


Caças das Forças Armadas dos EUA durante operação nos céus da Síria
F/A 18 dos EUA em operação na Síria © flickr.com/ U.S. Department of Defense

Além disso, ele indicou que a maioria das aproximações entre caças russos e norte-americanos na área do Vale do Eufrates está ligada às tentativas da aviação estadunidense de criar obstáculos para a aviação russa na liquidação de terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia).

Foi assim que os militares russos reagiram às declarações dos representantes do Pentágono, feitas durante uma entrevista à CNN, de que a Força Aeroespacial Russa efetua alegadamente aproximações perigosas aos aviões norte-americanos na Síria, entrando "no nosso espaço aéreo [dos EUA] a leste do rio Eufrates".


Postar um comentário

Postagens mais visitadas