Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Ministério da Defesa russo: EUA nunca tiveram nem terão seu 'próprio céu' na Síria

Segundo o Ministério russo, as declarações do exército norte-americano que na Síria existe parte do espaço aéreo pertencente aos EUA provocam perplexidade.


Sputnik

"As declarações dos representantes do exército norte-americano de que na Síria existe uma parte do espaço aéreo que pertence aos EUA provocam perplexidade", declarou o representante oficial do Ministério da Defesa russo major-general Igor Konashenkov.


Caças das Forças Armadas dos EUA durante operação nos céus da Síria
F/A 18 dos EUA em operação na Síria © flickr.com/ U.S. Department of Defense

Além disso, ele indicou que a maioria das aproximações entre caças russos e norte-americanos na área do Vale do Eufrates está ligada às tentativas da aviação estadunidense de criar obstáculos para a aviação russa na liquidação de terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia).

Foi assim que os militares russos reagiram às declarações dos representantes do Pentágono, feitas durante uma entrevista à CNN, de que a Força Aeroespacial Russa efetua alegadamente aproximações perigosas aos aviões norte-americanos na Síria, entrando "no nosso espaço aéreo [dos EUA] a leste do rio Eufrates".


Postar um comentário