Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Ministério da Defesa russo: EUA nunca tiveram nem terão seu 'próprio céu' na Síria

Segundo o Ministério russo, as declarações do exército norte-americano que na Síria existe parte do espaço aéreo pertencente aos EUA provocam perplexidade.


Sputnik

"As declarações dos representantes do exército norte-americano de que na Síria existe uma parte do espaço aéreo que pertence aos EUA provocam perplexidade", declarou o representante oficial do Ministério da Defesa russo major-general Igor Konashenkov.


Caças das Forças Armadas dos EUA durante operação nos céus da Síria
F/A 18 dos EUA em operação na Síria © flickr.com/ U.S. Department of Defense

Além disso, ele indicou que a maioria das aproximações entre caças russos e norte-americanos na área do Vale do Eufrates está ligada às tentativas da aviação estadunidense de criar obstáculos para a aviação russa na liquidação de terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia).

Foi assim que os militares russos reagiram às declarações dos representantes do Pentágono, feitas durante uma entrevista à CNN, de que a Força Aeroespacial Russa efetua alegadamente aproximações perigosas aos aviões norte-americanos na Síria, entrando "no nosso espaço aéreo [dos EUA] a leste do rio Eufrates".


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas